Hyperium Icone para ediçãoIcone de Enomear Icone de Excluir

Indicação

Para que serve?

O Hyperium é um medicamento indicado para o tratamento da hipertensão arterial.

Posologia

Como usar?

Este remédio deve ser tomado sempre em uma dose única diária de 1 comprimido por dia, de preferência pela manhã, no início da refeição.

No caso de resultados insatisfatórios após um mês de tratamento, a posologia pode ser aumentada para 2 comprimidos por dia, em duas tomadas, 1 comprimido pela manhã e outro à noite, no início das refeições.

O tratamento pode ser mantido indefinidamente.

Veja como melhorar o efeito deste remédio.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Embora sejam raros, este medicamento pode provocar efeitos colaterais como sensação de fraqueza, palpitações, insônia, sonolência, fadiga ao esforço, dor de estômago, secura da boca, diarréia e erupções cutâneas.

Além disso, ainda com menos frequência, pode ocorrer sensação de frio nas extremidades, hipotensão, distúrbios sexuais, ansiedade, depressão, coceira, acúmulo de líquidos, cãibras, náuseas, prisão de ventre e ondas de calor.

Contraindicações

Quando não devo usar?

O Hyperium não deve ser usado em pessoas com hipersensibilidade a qualquer um dos componentes da fórmula, estados depressivos graves ou insuficiência renal grave.

Além disso, também não deve ser usado em crianças, grávidas ou mulheres que estejam a amamentar.

Devido à presença de lactose, este medicamento não deve ser usado em casos de galactosemia, diabéticos, síndrome de má absorção de glicose e galactose ou deficiência de lactase, que é uma enzima responsável por degradar a lactose.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

Deve-se informar o médico em caso de insuficiência renal grave ou histórico recente de doença cardíaca.

O Hyperium pode provocar sonolência se a dose ingerida exceder a dose terapêutica recomendada, ou seja, acima de 1 ou 2 comprimidos por dia ou se for associado a medicamentos que podem causar uma queda da vigilância. Durante o tratamento a pessoa não deve dirigir veículos ou operar máquinas, pois sua habilidade e atenção podem estar prejudicadas.

Mecanismo de Ação

Como funciona?

O Hyperium tem na sua composição rilmenidina que atua no controle da pressão arterial, com sua manutenção dentro dos limites fisiológicos.

O início da ação do medicamento, após atingir o estado de equilíbrio, é a partir do terceiro dia de uso.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

O efeito mais provável no caso de superdosagem com Hyperium é uma queda acentuada da pressão e distúrbios de vigilância.

Se o problema persistir, deve-se contatar imediatamente o médico.

Composição

Cada comprimido de Hyperium contém:

Dihidrogenofosfato de rilmenidina________________1,544 mg*

*correspondente a 1mg de rilmenidina base

Excipientes q.s.p__________________________1 comprimido

(Excipientes: lactose monoidratada, celulose microcristalina, parafina, amidoglicolato de sódio, dióxido de silício, estearato de magnésio, talco, cera branca de abelha, cloreto de metileno).

Laboratório

Laboratórios Servier do Brasil Ltda.

- SAC: 0800 - 7033431

Dizeres legais:

MS N° 1.1278.0054 | Farm. Responsável: Patrícia Kasesky de Avellar - CRF-RJ n.º 6350

*Não use medicamentos sem o conhecimento do seu médico, pode ser perigoso para a sua saúde.
*As informações aqui divulgadas não deverão ser utilizadas como substituto de prescrição médica para o tratamento de qualquer doença.