Hidroten Icone para ediçãoIcone de Enomear Icone de Excluir

Para que serve

Tem como ação prevenir a desidratação ou manter a recuperação de água e sais que se conseguiu na reidratação.

A solução deve ser dada à vontade, pura, mas intercalando com administração de outros líquidos (leite, sucos, chás, água, sopas) por um ou dois dias ou pelo tempo que o médico indicar.

O produto pode ser usado por crianças e adultos inclusive mulheres grávidas ou que estejam amamentando.

Cloreto De Potássio + Cloreto De Sódio + Citrato De Sódio + Glicose (substância ativa) é contraindicado em pacientes que apresentam íleo paralítico, obstrução intestinal, perfuração do intestino, ou vômitos incoercíveis.

Este medicamento deve ser administrado com frequência ao paciente, alternado com outros líquidos (leite, sucos chás, água, sopas). Recomenda-se a administração adicional do produto a cada evacuação líquida.

Mesmo que no início haja vômitos, deve-se insistir na administração da solução, em quantidades menores, pois, assim que o paciente começa a reidratar-se, os vômitos costumam desaparecer.

No caso dos vômitos continuarem impedindo que o paciente tome a solução de Cloreto De Potássio + Cloreto De Sódio + Citrato De Sódio + Glicose (substância ativa) nas primeiras duas horas de tratamento, deve-se procurar imediatamente o médico.

Posologia do Cloreto De Potássio + Cloreto De Sódio + Citrato De Sódio + Glicose (substância ativa)


Cloreto De Potássio + Cloreto De Sódio + Citrato De Sódio + Glicose (substância ativa) 50

Dissolver o conteúdo do envelope em 250 mL de água previamente filtrada e/ou fervida e esfriada e administrar com frequência ao paciente. Após o preparo, a solução deve ser mantida em recipiente tampado, em temperatura ambiente (entre 15ºC e 30ºC).

Esta solução pode ser usada por 24 horas. Após este período, o restante da solução deve ser desprezada e, se necessário, nova solução deve ser preparada. Este medicamento deve ser administrado, após diluição, por via oral, com uma colher, copo ou mamadeira, dependendo da idade do paciente.

Cloreto De Potássio + Cloreto De Sódio + Citrato De Sódio + Glicose (substância ativa) 90

Dissolver o conteúdo do envelope de 13,95 g em 500 mL previamente filtrada e/ou fervida e esfriada. Como regra geral, recomenda-se a administração de 100 a 150 mL/kg de peso corporal, em um período de 4 (quatro) a 6 (seis) horas; pode haver, entretanto, grande variação entre os pacientes.

Após o preparo, a solução deve ser mantida em recipiente tampado, em temperatura ambiente (entre 15ºC e 30ºC). Esta solução pode ser usada por 24 horas. Após este período, o restante da solução deve ser desprezado e, se necessário, uma nova solução deve ser preparada. Este medicamento deve ser administrado, após diluição, por via oral, com uma colher, copo, ou mamadeira, dependendo da idade do paciente.

Soluções orais contendo potássio devem ser usadas com cautela, em pacientes, com insuficiência renal. Havendo diurese adequada nas primeiras horas de reidratação, dificilmente ocorrerá superdose, pois os rins excretam o excesso de eletrólitos. A situação em que existe maior risco de superdose é o preparo incorreto, com acréscimo de menos água do que o recomendado. Nesse caso, podem ocorrer, como consequências mais graves, hipernatremia e/ou hiperpotassemia.

Devem-se seguir, com atenção, as instruções de preparo contidas na embalagem de Cloreto De Potássio + Cloreto De Sódio + Citrato De Sódio + Glicose (substância ativa), usando as quantidades recomendadas de água previamente filtrada ou fervida e esfriada.

Após abertura do envelope, ou preparo da solução, o que não for consumido em 24 horas deve ser desprezado. A administração aguda de sais de sódio, em quantidades acima da capacidade renal de excreção, produz hiperosmolaridade, principalmente extracelular.

Gravidez

Categoria C de risco gestacional.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas, sem orientação médica, ou do cirurgião-dentista.

Este produto contém o corante amarelo de tartrazina que pode causar reações alérgicas, entre as quais asma especialmente em pessoas alérgicas ao ácido acetilsalicílico.

Atenção fenilcetonúricos: este medicamento 50 sabor laranja contém aspartame em sua composição.

Atenção diabéticos: contém açúcar.

Informe seu médico o aparecimento de reações desagradáveis.

Não foram descritas interações com outros fármacos. Contudo, alterações hidroeletrolíticas, em especial quando acompanhadas de acidose ou alcalose, podem alterar a ação farmacológica de alguns medicamentos.

Resultados de eficácia


Cloreto De Potássio + Cloreto De Sódio + Citrato De Sódio + Glicose (substância ativa) 90 (que tem uma concentração de sódio de 90 mEq/L) apresenta uma composição semelhante à solução de reidratação oral padrão preconizada pela OMS e pela UNICEF. Esta composição foi selecionada por permitir que uma única solução fosse utilizada para o tratamento da diarreia causada por diferentes agentes infecciosos e associada a vários graus de perda eletrolítica.

Por exemplo, a diarreia por rotavírus está associada a uma perda de sódio nas fezes de aproximadamente 30-40 mEq/L; a infecção por Escherichia coli enteropatogênica causa perdas de 50-60 mEq/L de sódio, e a cólera está associada a perdas maiores que 90-120 mEq/L. Esta solução vem sendo utilizada mundialmente, desde 1984, mostrando-se efetiva e segura, contribuindo substancialmente para uma acentuada redução global na mortalidade por diarreia.

Soluções de osmolaridade menor que a solução padrão preconizada pela OMS/UNICEF foram posteriormente desenvolvidas com o objetivo de evitar potenciais eventos adversos de hipertonicidade. Estudos com soluções de reidratação oral de osmolaridade reduzida, com sódio entre 50 mEq/L (concentração presente em Cloreto De Potássio + Cloreto De Sódio + Citrato De Sódio + Glicose (substância ativa) 50) e 75 mEq/L mostraram-se eficazes em reduzir em 20% o número de evacuações e em 30% a incidência de vômitos).

Características farmacológicas


As concentrações terapêuticas das soluções orais para prevenção da desidratação, ou para manutenção de hidratação podem variar dentro dos seguintes limites: sódio 40 a 60 mEq/L, potássio 20 mEq/L, glicose 110 a 140 mMol/L e bicarbonato, ou base equivalente, entre 1/3 e 1/5 dos ânions, em concentração milimolar, sendo o restante cloreto.

Este medicamento obedece às especificações da norma internacional OMS/UNICEF, apresentando concentrações de sódio, potássio, citrato, cloreto e glicose que permitem reposição adequada de água e eletrólitos que são perdidos durante episódios de diarreia aguda corrigindo, assim, os desequilíbrios hidroeletrolítico e ácido-básico.

*Não use medicamentos sem o conhecimento do seu médico, pode ser perigoso para a sua saúde.
*As informações aqui divulgadas não deverão ser utilizadas como substituto de prescrição médica para o tratamento de qualquer doença.