Hematiase B12 Icone para ediçãoIcone de Enomear Icone de Excluir

Para que serve

- Medicação tônica nos estados de desnutrição ou carência das vitaminas A e D

- Hipersensibilidade à vitamina A ou D.
- Crianças menores de 2 anos.

Uso Oral.

- Adultos: Uma colher de sopa 2 a 3 vezes ao dia, após as refeições.

- Criança: Uma colher de sobremesa 2 a 3 vezes por dia, após as refeições.

As vitaminas não devem ser usadas como substitutas de dietas variadas e equilibradas.

Deve-se ter cuidado especial em pacientes que possam desenvolver uma sobrecarga de ferro, bem como aqueles com hemocromatose, anemia hemolítica ou aplasia eritrocitária. No caso de falha na resposta ao tratamento, devem ser investigadas outras causas de anemia. Não convém usar ferro durante o primeiro trimestre de gravidez. A absorção do ferro é mais efetiva quando ingerido em jejum.

Ingerir Extrato De Fígado + Ferro Amoniacal + Malte + Cianoco (substância ativa) uma hora antes ou duas horas após a ingestão dos seguintes tipos de alimento, a fim de evitar a formação de complexos insolúveis que diminuam a absorção do ferro: ovos, café, chá, pães e biscoitos de farinha de trigo integral e cereais.

A relação risco-benefício deve ser avaliada em situações clínicas tais como alergias, comprometimento da função hepática, doenças infecciosas agudas renais, inflamação do trato intestinal (enterite, diverticulite e colite ulcerativa), úlcera péptica, artrite reumatóide e transfusões sanguíneas frequentes. Recomenda-se a monitoração periódica quanto às concentrações plasmáticas de ferritina e ferro, hemoglobina, hematócrito, contagem de reticulócitos, capacidade de saturação total do ferro periférico e saturação da transferrina.

Devido ao uso de ferro, a determinação laboratorial da concentração plasmática da bilirrubina pode revelar-se falsamente elevada e a do cálcio plasmático falsamente diminuída. O exame de sangue oculto nas fezes torna-se dificultoso, pois o ferro escurece as fezes. Pacientes idosos devem ter a dose administrada cuidadosamente, para evitar possível toxicidade. Nenhum dos princípios ativos de Extrato De Fígado + Ferro Amoniacal + Malte + Cianoco (substância ativa) consta na The 2013 Prohibited List - International Standard da World Anti-Doping Agency.

O etanol interfere na absorção dos componentes de Extrato De Fígado + Ferro Amoniacal + Malte + Cianoco (substância ativa). Não há na literatura informações acerca da interação entre os princípios ativos de Extrato De Fígado + Ferro Amoniacal + Malte + Cianoco (substância ativa) e nicotina. A vitamina C pode interferir na absorção pelo organismo do ferro contido no Extrato De Fígado + Ferro Amoniacal + Malte + Cianoco (substância ativa). A alimentação interfere na absorção dos componentes de Extrato De Fígado + Ferro Amoniacal + Malte + Cianoco (substância ativa).

Categoria de risco de fármacos destinados às mulheres grávidas: C.

Não foram realizados estudos em animais e nem em mulheres grávidas; ou então, os estudos em animais revelaram risco, mas não existem estudos disponíveis realizados em mulheres grávidas.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Atenção diabéticos: contém açúcar (2,29 kcal/mL).

A vitamina B12 raramente provoca toxicidade em indivíduos com função renal normal. A intolerância aos preparados orais de ferro ocorre principalmente em função da quantidade de ferro solúvel presente no trato gastrointestinal. Pirose, náuseas, vômitos, mal-estar epigástrico, constipação e diarréia. Com doses mais altas, são mais comuns náuseas e dor abdominal. Podem ser eliminadas fezes escuras pela presença do ferro, sem significado patológico.

Em caso de eventos adversos, notifique ao Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária - NOTIVISA, disponível em www.anvisa.gov.br, ou para a Vigilância Sanitária Estadual ou Municipal.

São medicamentos que diminuem a absorção intestinal de ferro:

Anti-ácidos contendo alumínio ou magnésio, bicarbonato de sódio, cálcio, cimetidina, ciprofloxacin, colestiramina, doxiciclina, famotidina, gatifloxacin, lansoprazol, levofloxacin, minociclina, moxifloxacin, norfloxacin, ofloxacin, omeprazol, oxitetraciclina, pantoprazol, rabeprazol, tetraciclina e zinco.

São medicamentos que aumentam a absorção intestinal de ferro:

Betacaroteno e vitamina C.

O ferro diminui a absorção dos seguintes medicamentos:

Ciprofloxacin, doxiciclina, gatifloxacin, gemifloxacin, levodopa, levofloxacin, levotiroxina, metildopa, micofelonato mofetil, minociclina, moxifloxacin, norfloxacin, ofloxacin, oxitetraciclina, penicilamina, ralendronato, risedronato, e tetraciclina.

O ferro oxida a vitamina E e diminui a biodisponibilidade de captopril. Clorafenucol tem efeito diseritropoiético, diminuindo portanto a eficácia do ferro. Contraceptivos diminuem o volume de sangue menstrual, e podem portanto aumentar a eficácia do tratamento com ferro.

São medicamentos que diminuem a absorção intestinal da vitamina B12:

Cloreto de potássio, colchicina, colestiramina, metformin, e vitamina C.

Cloranfenicol tem efeito diseritropoiético, diminuindo portanto a eficácia da vitamina B12.

São medicamentos que antagonizam indiretamente a vitamina B12 (por interferência sobre o metabolismo do ácido fólico):

Metotrexate, pemetrexed, pirimetamina e sulfametoxazol-trimetoprim.

São medicamentos que antagonizam indiretamente a vitamina B12 (por interferência sobre a síntese de nucleotídeos pirimidínicos):

Aciclovir, azatioprima, citarabina, fluorouracil, hidroxiuréia, mercaptopurina, tioguanina e zidovudina.

São medicamentos que antagonizam indiretamente a vitamina B12 (por aumento do metabolismo hepático do ácido fólico):

Carbamazepina, fenitoína, fenobarbital e primidona.

Resultados de Eficácia

O tratamento de reposição de anemia megaloblástica por deficiência de vitamina B12 e da anemia microcítica ferropriva com vitamina B12 e ferro, respectivamente, é eficaz, seguro, e classicamente descrito na medicina.

Esquemas terapêuticos devem ser determinados segundo a idade do paciente e o nível de gravidade da anemia.

Características Farmacológicos

Extrato De Fígado + Ferro Amoniacal + Malte + Cianoco (substância ativa) é um medicamento constituído por cianocobalamina (uma forma de vitamina B12) que determina um estímulo regenerador dos glóbulos vermelhos, cuja diminuição é notada em certos tipos de anemia. O citrato férrico amoniacal fornece o ferro necessário para a síntese no organismo e do conteúdo dos glóbulos vermelhos - a hemoglobina - cuja deficiência é também característica de certos tipos de anemia. A inclusão dessas substâncias num mesmo produto aumenta o seu rendimento pela potencialização de sua ação antianêmica e pela interação entre os seus diversos componentes. A vitamina B12 age como coenzima em várias funções metabólicas, incluindo o metabolismo das gorduras, carboidratos e síntese das proteínas.

É indispensável ao crescimento, reprodução celular, hematopoiese e síntese de nucleoproteínas e mielina devido ao seu efeito sobre o metabolismo de metionina, ácido fólico e ácido malônico. É absorvida com facilidade no trato gastrointestinal, em nível ileal. A presença do fator intrínseco (FI) é essencial para sua absorção oral, pois ocorre a formação do complexo vitamina B12-FI no estômago, que passa para o intestino, local onde se liga aos receptores da vitamina B12 presentes na mucosa do íleo, sendo desta forma absorvida, passando à circulação. Sua taxa de ligação às transcobalaminas (proteínas específicas de transporte sanguíneo) é elevada.

A vitamina B12 é metabolizada no fígado e eliminada pela via biliar. Quantidades superiores às necessidades diárias são excretadas pela urina. O ferro é um mineral essencial na formação fisiológica da hemoglobina. São necessárias quantidades adequadas para eritropoiese eficaz e capacidade de transporte de oxigênio no sangue. Tem função semelhante na produção da mioglobina. É cofator de várias enzimas essenciais, incluindo o citocromo envolvido no transporte de elétrons.

É necessário para o metabolismo de catecolaminas e para a funcionalidade dos neutrófilos. Por via oral, atravessa as células mucosas como ferro bivalente (ferroso), ligando-se à proteína transferrina. Nesta forma complexada, é transportado para a medula óssea para a produção de hemácias. O tmax do citrato férrico amoniacal é 4 h.

*Não use medicamentos sem o conhecimento do seu médico, pode ser perigoso para a sua saúde.
*As informações aqui divulgadas não deverão ser utilizadas como substituto de prescrição médica para o tratamento de qualquer doença.