Guacolin Icone para ediçãoIcone de Enomear Icone de Excluir

Para que serve

Guacolin é indicado como expectorante (auxilia na eliminação das secreções respiratórias) e broncodilatador (dilatação dos brônquios).

Guacolin é contraindicado para pacientes que apresentem reações de hipersensibilidade a cumarina ou a qualquer um dos componentes da formulação.

Este medicamento não deve ser utilizado em crianças menores de 2 anos de idade.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Crianças de 3 a 6 anos

Ingerir 5 mL de 8 em 8 horas.

Crianças de 7 a 12 anos

Ingerir 7,5 mL de 8 em 8 horas.

Adultos

Ingerir 15 mL de 8 em 8 horas.

Agitar o produto antes de usar.

Atenção diabéticos: este medicamento contém açúcar. Este medicamento não deve ser utilizado em crianças menores de 2 anos de idade e pacientes com doença de fígado ou distúrbios de coagulação.

Guacolin é um medicamento em que seu uso pode trazer riscos. Procure o médico e o farmacêutico. Leia a bula. 

Se persistirem os sintomas, o médico deverá ser consultado. 

Ainda não são conhecidas a intensidade e frequência das reações adversas, porém deve-se seguir a posologia indicada e observar as precauções.

Gravidez

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Apresentação

Frasco com 120 mL.

Uso adulto e pediátrico.

Uso oral.

Composição

Cada 5 mL de Guacolin contém:

0,4165 mL de extrato de fluido Guaco (Mikania glomerata).

Cada mL de xarope Guacolin contém:

0,05 mg de cumarina.

Excipientes: mel, aroma de mel, sacarose, benzoato de sódio, corante caramelo e água purificada.

Em altas doses, pode provocar vômito, diarreia e aumento do tempo de coagulação. Na eventualidade da ingestão acidental ou administração de doses muito acima das preconizadas, recomenda-se adotar as medidas de controle das funções vitais.

Em caso de intoxicação ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Até o presente momento não foram constatadas interações medicamentosas com o Guacolin. No entanto, por ter em sua composição cumarina, este medicamento pode exacerbar o efeito dos anticoagulantes.

Resultados de Eficácia

Estudos conduzidos demonstraram a utilização de Mikania Glomerata (substância ativa) como um fitoterápico eficaz no tratamento de distúrbios respiratórios atuando como relaxante da musculatura lisa das vias aéreas. Um estudo realizado por Moura e colaboradores investigou os efeitos dos extratos aquoso, hidroalcoólico e fração diclorometano obtida do extrato hidroalcoólico de Mikania Glomerata (substância ativa) sobre os isolados de brônquios humanos e traqueias de cobaias.

Os resultados indicaram que o extrato aquoso não afetou a tensão basal, mas reduziu a contração sobre a traqueia de cobaias. O extrato hidroalcoólico reduziu a tensão basal e significativamente a contração induzida por drogas, em todas as concentrações testadas. A fração diclorometano do extrato hidroalcoólico promoveu relaxamento progressivo concentração-dependente. Em brônquios humanos, o extrato hidroalcoólico promoveu relaxamento progressivo concentração-dependente.

O estudo demonstrou que houve uma ação inibitória significativa da Mikania Glomerata (substância ativa) sobre a constrição promovida nos brônquios humanos e traqueias de cobaias, sugerindo que a planta possui efeito benéfico potencial no tratamento de doenças broncoconstritivas.

Características Farmacológicas

Farmacodinâmica

Este medicamento é constituído pelo extrato hidroalcoólico de Mikania Glomerata (substância ativa) padronizado em cumarinas. Estes compostos químicos são considerados os princípios ativos da droga, sendo os responsáveis pela ação broncodilatadora e expectorante. Sabe-se que receptores da acetilcolina estão presentes no sistema respiratório e sua estimulação, pela acetilcolina, produz broncoconstrição e aumento da secreção.

Assim, o bloqueio destes receptores pelo princípio ativo do Mikania Glomerata (substância ativa) provoca a diminuição da secreção brônquica e relaxamento da musculatura lisa respiratória, fazendo do Mikania Glomerata (substância ativa) um auxiliar no tratamento de tosses persistentes e tosses com expectoração.

Conservar o medicamento em temperatura ambiente (15-30ºC). Manter o frasco bem fechado após o uso.

Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Características físicas

Guacolin é apresentado na forma líquida, xarope de cor caramelo, com odor e sabor característicos.

Antes de usar observe o aspecto do medicamento.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance de crianças.

Registro MS 1.0657.0016.001-9.

Kress Farmacêutica S.A.
Rua Orleans, 638 - América - 89204-580
Joinville - Santa Catarina - Brasil

*Não use medicamentos sem o conhecimento do seu médico, pode ser perigoso para a sua saúde.
*As informações aqui divulgadas não deverão ser utilizadas como substituto de prescrição médica para o tratamento de qualquer doença.