Glibeneck Icone para ediçãoIcone de Enomear Icone de Excluir

Indicação

Para que serve?

Diabetes mellitus no adulto não complicado, estável, leve ou moderado, não cetótico, que não pode ser controlado somente com a dieta.

Contraindicações

Quando não devo usar?

Acidose importante, queimaduras graves, coma diabética, infecção grave, cetoacidose e traumatismos graves. A relação risco-benefício deverá ser avaliada na presença de insuficiência supra-renal, debilidade geral, ma nutrição,náuseas, vômitos, insuficiência hipofisaria, disfunção renale disfunção tireóidea.

Posologia

Como usar?

DIABETES RECENTE
ADULTOS:
No inicio 2,5 a 5,0 mg uma vez ao dia. A dose deve ser ajustada com aumentos que não ultrapassem os 2,5 mg em intervalos semanais, até o controle do diabetes ou, até que a dose total diária seja de 20 mg.

IDOSOS:
Em pacientes idosos, debilitados ou mal nutridos, ou com disfunção renal ou hepática, deve-se iniciar com 1,25 mg uma vez ao dia.

Não é eficaz no tratamento do diabetes juvenil (dependente de insulina).

DIABETES MAIOR :
Antes da insulinoterapia, a administração de biguanidas pode ser associada a 4 comprimidos de Glibenclamida de 5mg.

DIABETES INSULINICA:
A substituição da Glibenclamida 5 mg por insulina deve ser feita em meio hospitalar, exigindo controles repetidos da glicemia.

Composição

Cada comprimido contém:
Glibenclamida 5mg
Excipiente q.s.p 1 comprimido (Excipiente: Lactose, amido de milho, talco, ácido silícico coloidal e estearato de magnésio)

Apresentação

Comprimidos: Embalagem com 30 comprimidos de 5 mg.

Laboratório

Indústria Brasileira

*Não use medicamentos sem o conhecimento do seu médico, pode ser perigoso para a sua saúde.
*As informações aqui divulgadas não deverão ser utilizadas como substituto de prescrição médica para o tratamento de qualquer doença.