G500 Balsâmico Icone para ediçãoIcone de Enomear Icone de Excluir

Para que serve

O produto G500 Balsâmico é indicado como expectorante e bronquiodilatador, auxiliando no tratamento das afecções do trato respiratório.

Como o G500 Balsâmico funciona?


G500 Balsâmico é um medicamento fitoterápico que tem atividade bronquiodilatadora e expectorante. Os princípios ativos encontrados no guaco, as cumarinas, facilitam a fluidificação e eliminação das secreções brônquicas pelo reflexo da tosse.

O tempo médio de início da ação do medicamento vai depender das condições de cada organismo.

O que é tosse?

A tosse é um reflexo natural do aparelho respiratório que surge como conseqüência de uma irritação. É um mecanismo que livra os pulmões das secreções ou corpos estranhos.

O que é um produto expectorante e/ou bronquiodilatador?

Um produto expectorante ajuda a desprender o muco, pois eles tornam as secreções brônquicas mais finas e mais faceis de serem eliminadas atraves da tosse. Quando a tosse é decorrente de um estreitamento das vias aéreas, como na asma brônquica e no enfizema, utiliza-se um bronquiodilatador para diminuir o estreitamento das vias aéreas.

G500 Balsâmico não deve ser usado por pacientes com hipersensibilidade conhecida aos componentes da fórmula. Recomenda-se maior critério na administração do G500 Balsâmico em pacientes com quadros respiratórios não diagnosticados, devendo-se eliminar a hipótese de tuberculose e/ou câncer.

Não recomendamos o uso de G500 Balsâmico por diabéticos devido a presença de açúcar na sua formulação.

Este medicamento é contra-indicado para uso por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista [Categoria C].

Este medicamento é contra-indicado para uso por diabéticos.

Este medicamento é contra-indicado para menores de 2 anos.

Este medicamento não deve ser utilizado por via de administração não recomendada.

O xarope deve ser ingerido por via oral.

Posologia do G500 Balsâmico


Para adultos e crianças acima de 12 anos

1 colher de chá (5ml), de 4 a 8 vezes ao dia, conforme necessidade.

Para crianças de 5 a 12 anos

1/2 colher de chá (2,5ml), 4 vezes ao dia.

Para crianças de 2 a 5 anos

1/2 colher de chá (2,5ml), 3 vezes ao dia.

A posologia em ml por peso corpóreo deve ser calculada com base no produto para cada faixa etária, conforme segue

Crianças de 2 a 12 anos

0,5ml/kg/dia.

Adultos

0,6ml/kg/dia.

A dose máxima deste medicamento deverá ser 8 (oito) colheres de chá (40ml) ao dia, dividida em 8 doses.

Para crianças de 5 a 12 anos

2 (duas) colheres de chá (10ml), dividida em 4 doses.

Para crianças de 2 a 5 anos

1,5 (uma colher e meia) de chá (7,5ml), dividida em 3 doses.

Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas sobre este medicamento, procure orientação do farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação de seu médico ou cirurgião-dentista.

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar o G500 Balsâmico?


Caso você esqueça de tomar uma dose do produto G500 Balsâmico, não é necessário tomar a dose esquecida, deve-se apenas tomar a próxima dose, no horário correto.

Nunca tome uma dose dobrada para compensar a dose perdida.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

Atenção diabéticos: este medicamento contém sacarose.

Interações medicamentosas

G500 Balsâmico não deve ser empregado simultaneamente com anticoagulantes (varfarina), pois pode potencializar os seus efeitos e antagonizar o efeito da vitamina K.

Informe ao seu médico ou cirurgiãodentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Reação comum (ocorre entre 1% e 10% dos pacientes que utilizam o produto)

Náusea, vômito, dor de cabeça e aumento da pressão arterial.

Pacientes com problemas hepáticos podem apresentar toxicidade com o uso prolongado do medicamento.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC).

Apresentação

Xarope - cartucho com frasco plástico âmbar x 150ml.

Via oral.

Uso adulto e pediátrico acima de 2 anos.

Composição

Contém 150ml.

Cada ml do produto contém 0,0117ml de extrato fluido padronizado de guaco, equivalente a 0,3% ou 0,035mg de cumarina [marcador].

Excipientes: sacarose, goma xantana, metilparabeno, ácido cítrico, citrato de sódio e água purificada.

1ml equivale a 20 gotas. 1 gota contém 1,75mcg de cumarina.

A administração de altas doses pode levar a aumento da freqüência dos batimentos cardíacos, vômitos e diarréia.

Se ocorrer ingestão acidental do produto em doses excessivas, deve-se procurar orientação médica e deve ser considerado o esvaziamento gástrico logo após o incidente.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

O Mikania Glomerata (substância ativa) não deve ser empregado simultaneamente a anticoagulantes, pois as cumarinas podem potencializar seus efeitos e antagonizar o da vitamina k.

As saponinas presentes no Mikania Glomerata (substância ativa) aumentam a absorção do lapachol, princípio ativo presente na Tabebuia avellanedae (ipê-roxo).

Resultados de Eficácia

Estudos conduzidos demonstraram a utilização de Mikania Glomerata (substância ativa) como um fitoterápico eficaz no tratamento de distúrbios respiratórios atuando como relaxante da musculatura lisa das vias aéreas. Um estudo realizado por Moura e colaboradores investigou os efeitos dos extratos aquoso, hidroalcoólico e fração diclorometano obtida do extrato hidroalcoólico de Mikania Glomerata (substância ativa) sobre os isolados de brônquios humanos e traqueias de cobaias.

Os resultados indicaram que o extrato aquoso não afetou a tensão basal, mas reduziu a contração sobre a traqueia de cobaias. O extrato hidroalcoólico reduziu a tensão basal e significativamente a contração induzida por drogas, em todas as concentrações testadas. A fração diclorometano do extrato hidroalcoólico promoveu relaxamento progressivo concentração-dependente. Em brônquios humanos, o extrato hidroalcoólico promoveu relaxamento progressivo concentração-dependente.

O estudo demonstrou que houve uma ação inibitória significativa da Mikania Glomerata (substância ativa) sobre a constrição promovida nos brônquios humanos e traqueias de cobaias, sugerindo que a planta possui efeito benéfico potencial no tratamento de doenças broncoconstritivas.

Características Farmacológicas

Farmacodinâmica

Este medicamento é constituído pelo extrato hidroalcoólico de Mikania Glomerata (substância ativa) padronizado em cumarinas. Estes compostos químicos são considerados os princípios ativos da droga, sendo os responsáveis pela ação broncodilatadora e expectorante. Sabe-se que receptores da acetilcolina estão presentes no sistema respiratório e sua estimulação, pela acetilcolina, produz broncoconstrição e aumento da secreção.

Assim, o bloqueio destes receptores pelo princípio ativo do Mikania Glomerata (substância ativa) provoca a diminuição da secreção brônquica e relaxamento da musculatura lisa respiratória, fazendo do Mikania Glomerata (substância ativa) um auxiliar no tratamento de tosses persistentes e tosses com expectoração.

G500 Balsâmico deve ser guardado em sua embalagem original, à temperatura ambiente [15ºC a 30ºC].

O produto G500 Balsâmico apresenta validade de 24 meses.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Após a abertura da embalagem, o produto deve ser guardado adequadamente para se manter próprio ao consumo dentro do prazo de validade.

Características físicas

O produto G500 Balsâmico apresenta-se como um líquido xaroposo, levemente turvo, de coloração amarelo claro esverdeado e com odor e sabor característicos de guaco.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

M.S. 1.0066.3393.001-0

Farm. Resp.:
Carlos E. De Carvalho
CRF-SC Nº 4366

Laboratório Catarinense Ltda.
Rua Dr. João Colin, 1053
CEP 89204-001 - Joinville - SC
CNPJ 84.684.620/0001-87
Indústria Brasileira

SAC
0800-474222
www.catarinensepharma.com.br

*Não use medicamentos sem o conhecimento do seu médico, pode ser perigoso para a sua saúde.
*As informações aqui divulgadas não deverão ser utilizadas como substituto de prescrição médica para o tratamento de qualquer doença.