Ferrokids Icone para ediçãoIcone de Enomear Icone de Excluir

Para que serve

FERROKIDS é indicado nos casos de anemia por deficiência de ferro no organismo, que pode ser gerada pela ingestão de uma dieta deficitária, infecções ou verminoses. É indicado também para crianças em fase de crescimento acelerado que necessitam de um aporte maior de ferro.

Pacientes com histórico de hipersensibilidade e alergia a qualquer um dos componentes da fórmula não devem fazer uso do produto.
É contraindicado para pacientes que estejam recebendo administração parenteral de ferro, transfusões sanguíneas repetidas, anemia onde a causa não é a deficiência de ferro, pacientes com desordens hematológicas, hemo- cromatose e/ou hemossiderose.

FERROKIDS é apresentado em comprimidos mastigáveis arroxeados, com odor e sabor característicos de uva. Mastigar 1 (um) comprimido ao dia, 1 (uma) hora antes da principal refeição.

Embora este medicamento apresente um dispositivo de segurança (tampa resistente a crianças) sua administração deve sempre ser auxiliada por um adulto, a fim de evitar uma superdosagem.

Recomenda-se ingerir o medicamento com estômago vazio para facilitar o processo de absorção, porém alguns indivíduos mais sensíveis, que apresentarem distúrbios gástricos (por exemplo, dor de estômago) podem ingerir imediatamente após a principal refeição para diminuir estas reações.

O ácido ascórbico (vitamina C) presente em frutas, como por exemplo frutas cítricas, facilita a absorção intestinal do ferro.
Caso haja esquecimento da ingestão de uma dose deste medicamento, retome a posologia prescrita sem a necessidade de suplementação.

Siga corretamente o modo de usar. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica ou de seu cirurgião-dentista.
Não use o medicamento com o prazo de validade vencido. Antes de usar, observe o aspecto do medicamento.

Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.
Pessoas com histórico de doença nos rins, doença intestinal, úlcera péptica, enterite, colite, pancreatite, hepatite, devem consultar um médico antes de ingerir o mineral ferro.

Pacientes mais sensíveis quando submetidos ao tratamento com ferro podem, ocasionalmente, apresentar distúrbios gastrintestinais, tais como náusea, vômito, dor epigástrica, cólica e constipação intestinal. Nesses pacientes a administração imediatamente após a principal refeição diminui estes possíveis efeitos. As fezes podem se tornar escuras quando o ferro é administrado por via oral. Esta coloração é causada pela presença do ferro não absorvido, e é inofensiva.

Uso em idosos, crianças e outros grupos de risco

Uso pediátrico. Este medicamento não deve ser utilizado por crianças menores de 2 anos de idade. Não existem recomendações específicas para o uso de FERROKIDS em pacientes idosos e outros grupos de risco.

Cada comprimido contém:
ferrocarbonila44,90mg*
excipientes (Isomalt DE 100, sorbitol, beterraba em pó, lactose spray dried, dióxido de silício coloidal, estearato de magnésio e aroma idêntico ao natural de uva)qsp 1 comprimido
*O que corresponde a 40mg de ferro elementar

 

Suspender a medicação imediatamente.
Foram reportados casos de toxicidade aguda resultante de overdose com ferro, especialmente em crianças pequenas. Vômito e diarreia caracterizam os estágios inicias da intoxicação com ferro. Com o passar do tempo após a ingestão, pelo menos cinco sistemas podem estar envolvidos: cardiovascular, sistema nervoso central, rim, fígado e hematológico. A severidade da toxicidade com ferro está relacionada com a quantidade de ferro elementar absorvido. Sintomas ocorrem com doses entre 20 e 60mg/kg, com sinais iniciais de irritação gastrintestinal, enquanto que a toxicidade sistêmica com sintomas de sonolência, cansaço e palidez ocorre ao final de altas doses.
Caso o paciente não esteja vomitando, fornecer leite, clara de ovo, água ou soluções contendo fosfato, que diminuem a absorção de ferro. O uso de deferoxamina, um agente quelante utilizado para o tratamento de intoxicação aguda com ferro, deve ser efetuado pelas vias oral ou parenteral, seguindo-se critérios médicos.

Evitar o uso concomitante de anti-inflamatórios não esteroidais (AINES) e ferro, pois o ferro também pode irritar o trato gastrintestinal assim como os AINES.

Cloranfenicol pode reduzir a resposta ao tratamento com ferro. Deferoxamina é uma droga quelante que diminui os níveis de ferro no organismo.

O ferro diminui a absorção de antibióticos do tipo fluoroquinolonas, os quais incluem ciprofloxacino, levofloxacino, ofloxacino e outros.

O uso concomitante com ferro também reduz a absorção de tetraciclinas.

Recomenda-se que estes antibióticos sejam ingeridos ao menos 2 horas antes ou 2 horas depois da ingestão de suplementação com ferro.

O cálcio e o ácido fítico presente em legumes, grãos e arroz; os polifenóis, encontrados em algumas frutas, vegetais, café, chá e temperos, diminuem a absorção de ferro. 

Características farmacológicas

Ferrocarbonila (substância ativa) é um medicamento que possui em sua composição o ferro. Este mineral é parte integrante de muitas proteínas e enzimas que mantém a boa saúde do organismo humano. O ferro pode existir no estado de oxidação variando de -2 a + 6. Nos sistemas biológicos, este estado de oxidação ocorre primeiramente nos estados ferroso (+2), férrico (+3) e ferrílico (+4). A interconversão de um estado de oxidação para outro é um mecanismo através do qual o ferro pode se unir a ligantes.

Os ligantes mais comuns para o ferro são o oxigênio, nitrogênio e átomos de enxofre. Quatro principais classes de proteínas contendo oxigênio existem no sistema dos mamíferos proteínas heme contendo ferro (hemoglobina, mioglobina e citocromos), enzimas enxofre-ferro (flavoproteínas, hemeflavoproteínas), proteínas para armazenamento e estoque de ferro (transferrina, lactoferrina, ferritina, hemossiderina), e outras enzimas contendo ferro ou enzimas ativas (enzimas contendo enxofre, enzimas não heme). 

O movimento do oxigênio do meio ambiente para os tecidos é uma das funções chaves do ferro. O oxigênio está ligado a um anel porfirina contendo ferro, o qual faz parte do grupo prostético da hemoglobina com eritrócitos e como parte da mioglobina como um facilitador da difusão do oxigênio nos tecidos.

A mioglobina está localizada no citoplasma das células musculares e aumenta a frequência de difusão do oxigênio dos eritrócitos capilares para o citoplasma e mitocôndria. A concentração de mioglobina no músculo é drasticamente reduzida na deficiência de ferro no tecido, limitando a frequência de difusão do oxigênio dos eritrócitos para a mitocôndria.

Conservar o medicamento em sua embalagem original, protegendo da luz, do calor e da umidade. Manter em temperatura ambiente (15 a 30°C). Manter o frasco bem fechado. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.
Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Herbarium Laboratório Botânico Ltda.

Av Santos Dumont, 1111 Colombo-PR

CNPJ 78.950.011/0001-20
Indústria Brasileira
Farmacêutica Resp: Anny M. Trentini CRF PR- 4081
MS 1.1860.0088

Atendimento ao consumidor 0800 723 8383

*Não use medicamentos sem o conhecimento do seu médico, pode ser perigoso para a sua saúde.
*As informações aqui divulgadas não deverão ser utilizadas como substituto de prescrição médica para o tratamento de qualquer doença.