Eparema Drágeas Icone para ediçãoIcone de Enomear Icone de Excluir

Para que serve

Eparema auxilia no alivio à má digestão e auxilia nos distúrbios do fígado, das vias biliares e nos casos de prisão de ventre leve.

Como o Eparema Drágeas funciona?


Eparema estimula a produção e a eliminação da bile, substância que facilita a digestão de gorduras e funciona como um laxante suave, que não induz ao hábito.

Eparema não deve ser usado nos casos de doenças graves nos rins, fígado e coração.

Seu uso também é contraindicado em casos de:

  • Constipação crônica;
  • Abdômen agudo;
  • Dor abdominal de causa desconhecida;
  • Obstrução intestinal;
  • Processos ulcerosos do trato digestivo;
  • Doenças intestinais inflamatórias agudas (ex: colites, doença de Chron);
  • Esofagite por refluxo;
  • Transtornos hidroeletrolíticos;
  • Íleo paralítico;
  • Cólon irritável;
  • Diverticulite;
  • Doença diverticular;
  • Apendicite.

Pacientes com alergia aos componentes da fórmula, não devem utilizar o medicamento.

Este produto não deve ser usado durante a gravidez.

Mulheres em período de lactância não deverão fazer uso deste medicamento, face à presença de alcaloides e risco de neurotoxicidade.

Este produto é contraindicado para menores de 10 anos.

Eparema destina-se a uso exclusivo pela via oral e pode ser tomado antes, durante ou após as refeições.

Posologia do Eparema Drágeas


Adultos

Uma drágea, duas vezes ao dia. Em casos de constipação poderão ser tomadas mais uma ou duas drágeas ao deitar.

Crianças acima de 10 anos

Uma drágea, uma ou duas vezes ao dia.

Não se recomenda tratamento com Eparema por período prolongado. Se o tratamento com Eparema ultrapassar duas semanas, recomenda-se consultar um médico.

Não ingerir doses maiores que as recomendadas.

Os produtos tradicionais fitoterápicos não devem ser administrados pelas vias injetável e oftálmica.

Este produto não deve ser partido, aberto ou mastigado.

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar o Eparema Drágeas?


Caso você tenha esquecido de tomar uma dose, tome o produto assim que possível. Se estiver muito perto do horário da próxima dose, aguarde e tome somente uma única dose. Não tome duas doses ao mesmo tempo ou uma dose extra para compensar a dose perdida.

Em caso de dúvidas, procure orientação de profissional da saúde.

Não há casos relatados que o uso deste produto interfira na capacidade de dirigir veículos e operar máquinas.

Atenção diabéticos: contém açúcar.

Este produto contém o corante amarelo de Tartrazina, que pode causar reações de natureza alérgica, entre as quais asma brônquica, especialmente em pessoas alérgicas ao ácido acetilsalicílico.

Não ingerir doses maiores do que as recomendadas. Não se recomenda o uso contínuo deste medicamento.

O uso prolongado ou abuso podem levar a:

  • Distúrbio eletrolítico (principalmente deficiência de potássio);
  • Potencialização do efeito de cardiotônicos devido a possível perda de potássio;
  • Albuminúria (presença de albumina na urina);
  • Hematúria (presença de sangue na urina);
  • Problemas nos rins;
  • Edema;
  • Deterioração óssea acelerada.

Pode promover a redução da absorção oral de drogas devido a uma redução do tempo de trânsito intestinal e agravar a perda de potássio causada por diuréticos.

Caso os sintomas persistam ou piorem, ou apareçam reações indesejadas não descritas na embalagem ou no folheto informativo, interrompa seu uso e procure orientação do profissional de saúde.

Este produto não deve ser utilizado por período superior ao indicado, ou continuamente, a não ser por orientação de profissionais de saúde.

Foram observadas e/ou descritas em literatura as seguintes reações adversas:

  • Queixas de espasmos intestinais devido a ação laxativa do produto;
  • Distorção ou diminuição do senso de paladar;
  • Irritação na garganta;
  • Dor abdominal;
  • Diarreia;
  • Indigestão;
  • Náuseas;
  • Vômitos;
  • Mal-estar.

A deficiência de potássio pode levar a problemas cardíacos e fraqueza muscular. Em raros casos, alterações eletrolíticas podem levar à hiperaldosteronismo secundário, arritmia cardíaca, osteoporose e inibição da movimentação intestinal.

A frequência de ocorrência dos efeitos indesejáveis não é conhecida.

Informe ao seu profissional de saúde o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do produto.

Informe também à empresa através do seu Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC).

Em casos de eventos adversos, notifique ao Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária - Notivisa, disponível em www.anvisa.gov.br/hotsite/notivisa/index.htm, ou para a Vigilância Sanitária Estadual ou Municipal.

Apresentações

Drágea 125 mg. Embalagens com 20 e 120 unidades.

Uso oral.

Uso adulto e pediátrico acima de 10 anos.

Composição

Cada drágea contém

125 mg de extrato mole composto de boldo, cáscara sagrada e ruibarbo, calculado para conter 0,08 mg de boldina, 11,3 mg de cascarosídeo e 0,030 mg de reina.

Excipientes: dióxido de silício, povidona, estearato de magnésio, gelatina, lactose monoidratada, talco, celulose microcristalina, sacarose, corante amarelo tartrazina, cera de carnaúba, carbonato de cálcio, dióxido de titânio, goma laca, goma arábica e óleo de rícino.

Cada drágea contém 0,11 g de açúcar na forma de sacarose.

Não há casos de superdose relatados.

Dados de literatura indicam que doses mais elevadas (acima de 0,3g da essência de boldo) poderão causar alteração renal, vômitos e diarreia.

Em caso de uso de grande quantidade deste produto, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou folheto informativo, se possível.

Em caso de intoxicação ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações sobre como proceder.

Até o momento não há relatos de interação medicamentosa com o produto. Não existem restrições quanto à ingestão com alimentos ou bebidas.

O uso de cáscara sagrada apresenta sinergismo com Aloe e outros laxantes alopáticos.

Pode alterar a absorção de outros medicamentos devido a seus compostos antracênicos ou de fibras.

Se você utiliza medicamentos de uso contínuo, busque orientação de profissional de saúde antes de utilizar este produto.

Informe ao seu profissional de saúde todas as plantas medicinais e fitoterápicos que estiver tomando. Interações podem ocorrer entre produtos e plantas medicinais e mesmo entre duas plantas medicinais quando administradas ao mesmo tempo.

Não existem restrições quanto à ingestão com alimentos ou bebidas.

Boldo + Cáscara sagrada + Ruibarbo (substância ativa) estimula a produção e a eliminação da bile, substância que facilita a digestão de gorduras e funciona como um laxante suave, que não induz ao hábito.

O produto deve ser conservado à temperatura ambiente (15°C a 30°C).

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use produto com prazo de validade vencido. Para sua segurança, guarde o produto na embalagem original.

Características físicas

Eparema é apresentado como drágea redonda, biconvexa, de cor amarelo canário.

Antes de usar, observe o aspecto do produto. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Este produto deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Reg. MS – 1.0639.0030

Farm. Resp:
Carla A. Inpossinato
CRF-SP nº 38.535

Takeda Pharma LTDA.
Rodovia SP 340 S/N km 133,5
Jaguariúna - SP
CNPJ 60.397.775/0008-40
Indústria Brasileira

Siga corretamente o modo de usar, não desaparecendo os sintomas procure orientação médica.

*Não use medicamentos sem o conhecimento do seu médico, pode ser perigoso para a sua saúde.
*As informações aqui divulgadas não deverão ser utilizadas como substituto de prescrição médica para o tratamento de qualquer doença.