Enfol Icone para ediçãoIcone de Enomear Icone de Excluir

Para que serve

Enfol (ácido fólico + ácido ascórbico) está indicado no tratamento das anemias devido à deficiência de ácido fólico no organismo. Também está indicado na prevenção de recorrência de malformações congênitas do tubo neural durante o período periconcepcional (3 meses antes de engravidar e durante os 3 primeiros meses de gravidez).

Como o Enfol funciona?


Enfol (ácido fólico + ácido ascórbico) trata-se de um complemento vitamínico à base de vitaminas essenciais para o organismo humano, portanto, está indicado para os casos onde há suas deficiências.

O ácido fólico presente no Enfol (ácido fólico + ácido ascórbico) é uma vitamina essencial na multiplicação celular de todos os tecidos, processo esse necessário para a prevenção e tratamento da anemia e da malformação do tubo neural.

O ácido ascórbico participa de várias reações facilitando a transformação do ácido fólico em ácido folínico, auxiliando no tratamento e prevenção.

Enfol (ácido fólico + ácido ascórbico) deve ser administrado com cuidado em pacientes talassêmicos, devido à presença de ácido ascórbico em sua formulação. A relação risco/benefício deve ser avaliada em caso de anemia perniciosa, pois doses de ácido fólico acima de 100 mcg/dia podem mascarar casos de anemia perniciosa (as características hematológicas normalizam, contudo, os danos neurológicos progridem). O produto não deve ser administrado em pacientes com hipersensibilidade aos componentes da formulação.

Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início ou durante o tratamento.

Este medicamento pode ser utilizado durante a gravidez desde que sob prescrição médica ou do cirurgião-dentista.

Comprimidos revestidos:

Deve ser utilizado por via oral na dose de 1comprimido revestido ao dia, ou à critério médico.

Os comprimidos devem ser ingeridos com um pouco de líquido, próximo das refeições.

Observação: Na prevenção de malformações do tubo neural deve-se administrar 1 comprimido de 5 mg diariamente, durante o período periconcepcional prolongado, pelo menos durante as 4 primeiras semanas de gestação.

Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Este medicamento não pode ser partido, aberto ou mastigado.

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar o Enfol?


Caso haja esquecimento da ingestão de uma dose deste medicamento, retome a posologia prescrita sem a necessidade de suplementação.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou do seu médico, ou cirurgião-dentista.

A presença de ácido ascórbico nas preparações de Enfol (ácido fólico + ácido ascórbico), pode favorecer uma maior absorção do ferro alimentar, o que pode ser prejudicial aos pacientes talassêmicos que apresentam acúmulo deste íon nos tecidos. Doses de ácido fólico acima de 100mcg/dia podem mascarar casos de anemia perniciosa (as características hematológicas normalizam, contudo, os danos neurológicos progridem).

O ácido ascórbico é essencialmente não tóxico para o homem, embora excepcionalmente altas doses possam causar alguns efeitos colaterais.

Atenção diabéticos, contém lactose.

Existem relatos na literatura de que doses elevadas possam produzir alterações no Sistema Nervoso Central, decorrentes do aumento da síntese de aminas cerebrais, além de eventuais distúrbios gastrintestinais.

Doses elevadas podem comprometer a absorção intestinal do zinco.

Informe seu médico o aparecimento de reações desagradáveis.

O ácido ascórbico geralmente é bem tolerado, mas em altas doses pode causar diarréia e outros distúrbios gastrointestinais, ou estar associado à formação de cálculos renais de oxalato de cálcio.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

Apresentações:

Comprimidos revestidos 5 mg + 100 mg.

Caixa com 20 comprimidos revestidos.

Uso adulto.

Uso oral.

Composição:

Cada comprimido revestido contém:

 

IDR*

Ácido fólico

5,00mg

2083,33%

Ácido ascórbico

100,00mg

222,22%

Excipientes: Celulose microcristalina, lactose monoidratada, estearato de magnésio, amidoglicolato de sódio, talco, polissorbato 80, macrogol, dióxido de titânio, corante lacca alumínio vermelho nº 40, copolímero de ácido metacrílico e metacrilato de etila, simeticona, citrato de trietila, álcool isopropílico e água de osmose reversa.

*IDR Teor Percentual dos componentes na Dose diária máxima preconizada, relativa IDR Ingestão Diária Recomendada para adultos, segundo RDC 269/05.

Doses elevadas podem comprometer a absorção intestinal do zinco, produzir alterações no Sistema Nervoso Central, decorrentes de aumento da síntese de aminas cerebrais, além de eventuais distúrbios gastrintestinais.

Na ocorrência de superdosagem medidas sintomáticas devem ser necessárias.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use este medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

Não há relatos até o momento.

Características farmacológicas

O ácido fólico medicamentoso é conhecido também como ácido pteroilglutâmico. Difere essencialmente do ácido fólico alimentar, uma vez que está sob a forma de monoglutamato, enquanto que o ácido fólico contido nos alimentos está sob a forma de poliglutamato. Uma vez absorvido o ácido fólico se transforma rapidamente na sua principal forma ativa, o ácido tetraidrofólico. O ácido fólico é encontrado em quase todos os alimentos, em pequenas quantidades sob a forma de poliglutamatos, sendo inutilizados no cozimento ou na forma destes alimentos.

Farmacologia

O ácido fólico é uma vitamina essencial na multiplicação celular de todos os tecidos, já que é indispensável à síntese do DNA e conseqüentemente à divisão celular. A carência do ácido fólico vai afetar diretamente todos os tecidos, mas os efeitos prejudiciais são mais imediatos nos tecidos que se renovam numa velocidade mais rápida. Assim, os elementos figurados do sangue, o epitélio intestinal (especialmente o delgado) e mucosas em geral, vão se renovar de forma incompleta na carência de ácido fólico, originando graves distúrbios orgânicos que não apresentam sinais clínicos muito evidentes, havendo dificuldade no diagnóstico de sua carência.

Farmacocinética

O ácido fólico sob forma de monoglutamato é absorvido no intestino delgado e é convertido rapidamente nas diversas formas de folato ativo. A eliminação do ácido fólico é por via renal. A taxa de excreção é proporcional as doses administradas. Doses pequenas como 0,2mg têm um aproveitamento biológico total. Doses elevadas, acima de 15mg têm uma taxa de excreção que varia entre 50 a 90%. O ácido fólico alimentar é muito lábil às ações oxidantes, à luz ultravioleta e ao aquecimento.

Conservar o medicamento em sua embalagem original. Conservar o produto em temperatura ambiente (entre 15 e 30°C). Proteger da luz e umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.

Número de lote, datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use o medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Aspecto físico:

Enfol (ácido fólico + ácido ascórbico) encontra-se na forma de comprimido bicôncavo de cor amarelo ouro.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Registro M.S: 1.1861.0225.

Responsável Técnico:
Lucinéia Namur.
CRF/SP 31.274.

Registrado por:
Ativus Farmacêutica Ltda.
Rua: Emílio Mallet, 317 – Sala 1005- Tatuapé.
CEP: 03.320-000 – São Paulo - CNPJ: 64.088.172/0001-41.
Indústria Brasileira.

Fabricado por:
Ativus Farmacêutica Ltda.
Rua Fonte Mécia, 2.050 – Caixa Postal 489 – CEP: 13.273-900 – Valinhos-SP.
CNPJ: 64.088.172/0003-03 – Indústria Brasileira.

Embalado (emb. secundária) por:
Myralis Indústria Farmacêutica Ltda.
Rua Rogélia Gallardo Alonso, 650 – Caixa Postal 011 – CEP 13.860 -970 - Aguaí-SP.
CNPJ: 17.440.261/0001-25.
Indústria Brasileira.

SAC - 0800 771 20 10.

Venda sob prescrição médica.

*Não use medicamentos sem o conhecimento do seu médico, pode ser perigoso para a sua saúde.
*As informações aqui divulgadas não deverão ser utilizadas como substituto de prescrição médica para o tratamento de qualquer doença.