Donaren Retard Icone para ediçãoIcone de Enomear Icone de Excluir

Indicação

Para que serve?

Donaren Retard, cujo princípio ativo é o cloridrato de trazodona, é indicado para a depressão mental com ou sem episódios de ansiedade, dor neurogênica, tratamento da depressão maior e outros tipos de dores crônicas.

Posologia

Como usar?

A posologia recomendada para adultos é de 75-150 mg ao dia, a ser administrado em uma dose única à noite, antes de dormir. A dose pode ser aumentada para 300 mg ao dia, dividida em duas administrações.

Em pacientes hospitalizados a dose pode ser adicional aumentada para 600 mg ao dia, em doses divididas.

Em idosos, deve-se começar com uma dose única de 100 mg ao dia, a ser administrada à noite. A dose pode ser aumentada, como prescrita pelo médico, dependendo da resposta clínica. Não são ultrapassadas doses maiores que 300 mg ao dia.

Embora não tenha havido nenhuma avaliação sistemática da eficácia da Trazodona além de 6 semanas, é recomendado em geral que o tratamento com drogas antidepressivas tenha a duração de vários meses.

Não se deve interromper o tratamento sem o conhecimento do médico, nem usar o medicamento com o prazo de validade vencido.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Os efeitos colaterais mais frequentes que podem ocorrer com o uso deste medicamento são sonolência, boca seca, gosto desagradável, náusea, vômito e dor de cabeça.

Assim como outras drogas psicoativas, a Trazodona causa sedação.

Embora seja mais raro, pode também ocorrer priapismo, efeitos no SNC, batimento cardíaco irregular, hipotensão, excitação anormal, visão turva, prisão de ventre, diarréia, dor muscular, debilidade ou fraqueza anormal.

Contraindicações

Quando não devo usar?

Este remédio não deve ser usado em casos de hipersensibilidade ao cloridrato de trazodona ou aos componentes da formulação do produto e no infarto do miocárdio.

Donaren Retard contém sacarose, por isso o produto é, portanto, contra-indicado em pacientes com intolerância hereditária a frutose, má-absorção da glicose e galactose, em pacientes diabéticos e deficiência da sucrase-isomaltase.

Também não deve ser utilizado durante a gravidez e a amamentação, exceto sob orientação médica.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

A trazodona não é recomendada para o uso durante a fase inicial de recuperação do infarto do miocárdio.

A segurança e eficácia em crianças abaixo de 18 anos ainda não está bem determinada.

O uso em pacientes idosos, acima de 65 anos de idade, exige uma administração reduzida.

Ocasionalmente foram observadas contagens baixas de células brancas e neutrófilos no sangue, de pacientes que receberam cloridrato de trazodona que, em geral, não exigiram a suspensão do medicamento; contudo, o tratamento deve ser suspenso em qualquer paciente cuja contagem de células brancas ou neutrófilos absolutos no sangue caia abaixo dos níveis normais.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

Os sinais e sintomas de superdosagem incluem sonolência, diminuição da coordenação muscular, náusea ou vômito. As consequências da superdosagem em pacientes que ingerem cloridrato de Trazodona e outra droga concomitantemente podem ser muito graves ou fatais.

As reações mais graves relatadas ocorridas apenas com superdosagem de Trazadona foram priapismo, parada respiratória, ataques e alterações de ECG. As reações mais frequentes foram sonolência e vômitos. A superdosagem pode causar um aumento na incidência ou gravidade de quaisquer das reações adversas relatadas.

O tratamento deve ser sintomático e de suporte no caso de hipotensão ou sedação excessiva. Qualquer paciente com suspeita de ter ingerido uma superdosagem deve sofrer lavagem estomacal. A diurese forçada pode ser útil para facilitar a eliminação da droga.

Composição

Cada comprimido de liberação prolongada contém:

Cloridrato de trazodona__________________________150 mg

Excipientes__________________________q.s.p. 1 comprimido

(Excipientes: Sacarose, povidona, cera de carnaúba, estearato de magnésio).

Laboratório

Apsen Farmacêutica S.A.

- SAC: 0800 16 5678

Dizeres legais:

MS - 1.0118.0601 | Farmacêutico Responsável: Dr. Eduardo Sérgio Medeiros Magliano | CRF SP nº 7179

*Não use medicamentos sem o conhecimento do seu médico, pode ser perigoso para a sua saúde.
*As informações aqui divulgadas não deverão ser utilizadas como substituto de prescrição médica para o tratamento de qualquer doença.