Dexpantenol Icone para ediçãoIcone de Enomear Icone de Excluir

Dexpantenol (substância ativa deste medicamento) oferece dupla proteção para a pele, especialmente contra assaduras. Dexpantenol (substância ativa deste medicamento) contém como princípio ativo o dexpantenol, que está incorporado em uma base oleosa (principalmente lanolina - um agente natural). O dexpantenol protege a pele agindo por dentro: penetra nas camadas internas da pele e é transformado em vitamina B5 , que estimula a formação e regeneração natural da pele. A pele fica nutrida e fortalecida. A lanolina protege por fora: forma uma barreira na pele, protegendo-a das agressões externas, como urina, fezes e ressecamento. A lanolina mantém a pele hidratada. Dexpantenol (substância ativa deste medicamento) tem fórmula hipoalergênica (reduz o risco de alergias): não possui perfume, corantes e conservantes. Dexpantenol (substância ativa deste medicamento) é fácil de aplicar e remover.

Para que serve

  • Prevenção e tratamento da dermatite de fraldas (assaduras);
  • Prevenção e tratamento das fissuras (rachaduras) de pele e mucosas (mamilos, lábios e região anal);
  • Feridas (ferimentos leves e escoriações);
  • Escaras.

Contra-indicado a pessoas sensíveis à substância ativa (Dexpantenol).

Este medicamento pode ser utilizado durante a gravidez desde que sob prescrição médica ou do cirurgião-dentista.

Não há contraindicação relativa a faixas etárias.

Isento de Prescrição Médica

Pomada

Aplicar em camada fina, uma a três vezes ao dia. Nas rágadas dos mamilos, aplicar em compressas, imediatamente após cada mamada.

Solução

Para curativo oclusivo, irrigação ou lavagem de feridas, utilizar a solução pura ou diluída pela metade com água destilada.

Para aerosol, utilizar cerca de 5-10mL da solução pura por aplicação. Quando for o caso, pode-se associá-la a outros medicamentos.

Dexpantenol (substância ativa deste medicamento) em geral é bem tolerado. No entanto, podem ocorrer efeitos colaterais indesejáveis não previstos e dependentes da sensibilidade individual.

Caso surjam reações indesejáveis no decorrer do tratamento com dexpantenol suspenda imediatamente o uso do produto e informe seu médico.

Em casos de eventos adversos, notifique ao Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária – NOTIVISA, disponível em http://www.anvisa.gov.br/hotsite/notivisa/index.htm, ou para a Vigilância Sanitária Estadual ou Municipal.

Não existem relatos de interação de Dexpantenol com outras substâncias.

Apesar de não existirem relatos sobre restrições de uso e efeitos colaterais com o uso do dexpantenol (substância ativa deste medicamento), é recomendável utilizar este produto somente mediante receita médica.

Informe seu médico caso esteja grávida ou sofra de outras lesões da pele ou mucosas. Somente o médico poderá avaliar o melhor uso do dexpantenol para cada caso específico. Não use, não recomende e nem doe este medicamento a outras pessoas, sem o conhecimento do médico.

Lembre-se que dexpantenol é um medicamento que ajuda a cicatrizar os ferimentos. Caso isso não ocorra num determinado período de tempo, informe seu médico e solicite novas orientações.

Lembre-se também que este produto não é um antibiótico. Assim, ferimentos contaminados devem ser tratados com medicamentos específicos sempre de acordo com orientação médica.

Resultados da eficácia

O estudo abaixo demonstrou que a ocorrência de dermatite de fraldas (amoniacal) foi menor no grupo que utilizou dexpantenol pomada, mais cuidados higiênicos tópicos (31%) comparada aquela do grupo tratado somente com cuidados higiênicos (57%).

Em grupo pareados de gêmeos, os índices foram 17% no grupo Dexpantenol pomada, mais cuidados e 58% no grupo tratado somente com cuidados higiênicos.

Dexpantenol pomada foi estudado em um modelo de cicatrização em área doadora de enxerto e demonstrou que após 14 dias de uso houve melhor cicatrização na área tratada com dexpantenol pomada, comparada à área tratada somente com veículo.

A área tratada com dexpantenol pomada demonstrou também melhor flexibilidade pela promoção de hidratação e um processo inicial de neurovascularização mais intenso que aquela ocorrida na área tratada com veículo, melhorando a vascularização local, assim, facilitando a cicatrização.

A regeneração mais rápida proporcionou também uma melhora da sintomatologia com menos prurido e dor.

O estudo, randomizado e duplo cego, controlado por placebo, demonstrou que o dexpantenol formulado em diferentes veículos lipofílicos, após 7 dias de uso, melhorou a hidratação da camada córnea e reduziu a perda transepidérmica de água com diferenças favoráveis quando comparado ao uso dos veículos isoladamente.

Concluiu-se que o dexpantenol, formulado em veículos lipofílicos, estabiliza a função protetora (barreira da pele).


Características Farmacológicas

O dexpantenol associado a um excipiente de elevado teor oleoso.

O dexpantenol, substância ativa de Dexpantenol pomada, é rapidamente transformado nas células da pele e das mucosas em ácido pantotênico.

O ácido pantotênico é um componente da coenzima A, necessária para os processos de regeneração e cicatrização da pele e das mucosas.

O ácido pantotênico estimula a multiplicação das células basais que realizarão a epitelização da epiderme e dos fibroblastos que promovem a síntese do colágeno, constituinte fundamental da derme. 

Devido ao elevado teor oleoso do excipiente, Dexpantenol pomada forma uma camada protetora transparente e impermeabilizante que protege a pele das agressões externas e do ressecamento.

02855.
Epitegel, Kit Dermopantol, Probentol, Bepantol Baby, Neopantol, Bepantol Baby Maxi Tubo, Cicatenol, Depantex, Pantodex, Dexprotenol, Pelletrat, Probentol Baby, Teupantol, Babytol, Dexaliv, Bepantriz, Bepanmed, Vit Pantenol

*Não use medicamentos sem o conhecimento do seu médico, pode ser perigoso para a sua saúde.
*As informações aqui divulgadas não deverão ser utilizadas como substituto de prescrição médica para o tratamento de qualquer doença.