CLORETO DE POTASSIO HALEX ISTAR Icone para ediçãoIcone de Enomear Icone de Excluir

Indicação

Para que serve?

Clordox é indicado para tratar doenças causadas por microorganismo sensíveis à doxiciclina como: Febre das Montanhas Rochosas, febre tifoide e do grupo tifoide, febre Q, varíola, febre do carrapato, pneumonia, infecções uretrais, endocervicais ou retais, granuloma inguinal, febre recorrente causada por piolho ou carrapato, uretrite, diarreia de viajantes ou acne grave por exemplo.

Além disso, Clordox é também indicado para prevenção e tratamento de infecções como Malária ou Cólera.

Posologia

Como usar?

A dose recomendada e a duração do tratamento com Clordox devem ser indicadas pelo seu médico, pois estas dependem do problema a tratar e da resposta individual de cada paciente ao tratamento.

Os comprimidos de Clordox devem ser engolidos inteiros, juntamente com um copo de água e com alimentos ou leite.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Alguns dos efeitos colaterais de Clordox podem incluir diarreia, dor de estômago, má digestão, náusea, sensibilidade à luz, descoloração dos dentes, alterações nos exames de sangue como anemia, falta de apetite, dor de cabeça, visão embaçada ou borrada ou zumbido no ouvido.

Contraindicações

Quando não devo usar?

Clordox está contraindicado para mulheres grávidas ou amamentando, pacientes com menos de 8 anos de idade e para pacientes com alergia ás tetraciclinas ou a algum dos componentes da fórmula.

Mecanismo de Ação

Como funciona?

Clordox é um antibiótico que age no metabolismo de bactérias impedindo sua nutrição, desenvolvimento e reprodução, o que leva à sua eliminação.

Depois de tomada a primeira dose, Clordox leva aproximadamente 4 a 5 dias para iniciar o seu efeito.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

Antes de usar Clordox, deverá falar com o seu médico se estiver grávida ou amamentando, pretender administrar o medicamento a crianças com fontanelas abauladas, tiver hipertensão intracraniana, colite, diarreia, doenças ou problemas no fígado, rins ou no sangue, doenças sexualmente transmissíveis, suspeita de sífilis ou se estiver a tomar outros medicamentos, incluindo medicamentos sem receita médica.

Clordox pode afetar a eficácia dos anticoncepcionais, incluindo da pílula anticoncepcional, sendo por isso recomendado usar outro método contato durante e algum tempo depois do tratamento.

O tratamento com Clordox nunca deve ser interrompido sem conhecimento do seu médico e os horários, as doses e duração do tratamento devem ser rigorosamente respeitados.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

Em caso de toma excessiva de Clordox​, deve dirigir-se ao hospital mais próximo, levando a embalagem ou bula do medicamento.

Composição

Clordox por cada comprimido contém:

Cloridrato de doxiciclina _________________________ 115 mg
- Equivalente a 100mg de doxiciclina
Excipiente ______________________________ 1 comprimido

(Excipientes: álcool isopropílico, álcool etílico, copolímero do ácido metacrílico, corante azul brilhante alumínio laca, corante amarelo de tartrazina, dióxido de titânio, estearato de magnésio, macrogol, povidona, manitol, talco, celulose microcristalina e água de osmose reversa).

Laboratório

Teuto Brasileiro

 - SAC: 0800 621 800

Outros remédios antibióticos além de Clordox podem ser Ciprofloxacino 500 mg ou Amoxicilina 500 mg.

Dizeres Legais:

Ms: 1.0370.0108
Farm. Resp.: Andreia Cavalcante Silva

*Não use medicamentos sem o conhecimento do seu médico, pode ser perigoso para a sua saúde.
*As informações aqui divulgadas não deverão ser utilizadas como substituto de prescrição médica para o tratamento de qualquer doença.