Cebion Zinco Icone para ediçãoIcone de Enomear Icone de Excluir

Para que serve

Cebion Zinco é um suplemento vitamínico indicado como auxiliar do sistema imunológico.

Como Cebion Zinco funciona?

Cebion Zinco consiste na associação da vitamina C (ácido ascórbico) com o zinco, que atuam de forma complementar para um adequado funcionamento do sistema imunológico.

Tanto a vitamina C quanto o zinco tem que ser obtidos de fontes externas, uma vez que não são produzidos pelo organismo.

Este produto é contraindicado em pacientes com:

  • Conhecida hipersensibilidade (alergia) ao ácido ascórbico, ao zinco ou a qualquer um dos componentes da fórmula;
  • Cálculos urinários;
  • História de níveis elevados de ácido úrico;
  • Doenças de armazenamento de ferro (como talassemia, hemocromatose e anemia sideroblástica);
  • Úlceras gástricas.

Adultos e crianças maiores de 12 anos

Um comprimido efervescente ao dia dissolvido em água.

  1. Coloque o comprimido efervescente em um copo com água;
  2. O comprimido se dissolverá espontaneamente;
  3. Beber imediatamente após o término da dissolução.

 Doses superiores às recomendadas devem ser tomadas somente com indicação médica.

Uso em idosos, crianças e outros grupos de risco

Se você é diabético ou faz dieta com restrição de açúcar, pode tomar Cebion Zinco, já que sua fórmula não contém sacarose ou outros açúcares.

Não existem advertências nem recomendações especiais sobre o uso do produto por pacientes idosos e em crianças acima de 12 anos.

Este medicamento não deve ser partido ou mastigado.

Siga corretamente o modo de usar.

Em caso de dúvidas sobre este medicamento, procure orientação do farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação de seu médico ou cirurgião-dentista. 

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar Cebion Zinco?

Tome a dose assim que se lembrar, mas não tome uma dose dobrada para compensar uma dose que se esqueceu de tomar.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

Na ingestão de doses elevadas de ácido ascórbico (4 g ao dia) tem sido observada hemólise (destruição dos glóbulos vermelhos do sangue) – até certo ponto grave – em casos individuais de pacientes com deficiência de glicose-6-fosfato-desidrogenase eritrocitária (uma deficiência genética).

Pacientes com insuficiência renal grave ou terminal (sob diálise)

Pacientes com insuficiência renal grave ou terminal (sob diálise) não devem exceder uma dose diária de 100 mg de ácido ascórbico, devido ao risco de formação de cálculos urinários.

Se você é cardíaco, sofre de pressão alta ou de hipoglicemia, deve procurar orientação médica antes de tomar Cebion Zinco, por causa do seu conteúdo de sódio (sal).

Pacientes em dieta com restrição de sódio

Se você encontra-se em dieta com restrição de sódio, deve considerar que cada comprimido efervescente de Cebion Zinco contém 0,2847 g de sódio.

Em concentrações mais elevadas, o ácido ascórbico interfere com vários testes laboratoriais (glicose, ácido úrico, creatinina, fosfato inorgânico).

Também a detecção de sangue oculto nas fezes pode fornecer resultados falso-negativos.

Geralmente a detecção química baseada numa reação colorida pode ser afetada.

É necessário interromper o uso de Cebion Zinco antes desses exames.

O uso crônico de medicamentos contendo zinco em doses acima de 15 mg ao dia necessita de orientação médica.

Como todos os medicamentos, Cebion Zinco pode causar algumas reações desagradáveis; no entanto, estas não ocorrem em todas as pessoas.

Caso você tenha uma reação alérgica, deve parar de tomar o medicamento.

Cebion Zinco é normalmente bem tolerado.

Em casos isolados foram observadas reações de hipersensibilidade envolvendo os sistemas respiratório ou cutâneo.

Particularmente com doses altas foram observados distúrbios gastrointestinais (como náuseas, vômitos, diarreia, dor abdominal, dispepsia) e poliúria.

Em pessoas predispostas, o uso de altas doses de medicamentos contendo vitamina C pode ocasionar cálculos renais (pedras nos rins).

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

Pacientes fenilcetonúricos

Cebion Zinco contém fenilalanina.

Gravidez e amamentação

Não exceder as doses indicadas durante a gravidez e a amamentação.

O ácido ascórbico é excretado no leite materno e atravessa a placenta.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Direção de veículos e operação de máquinas

Você pode dirigir e lidar com máquinas normalmente durante tratamento com Cebion Zinco.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use este medicamento em caso de doença grave dos rins.

Cada comprimido efervescente contém:

Ácido ascórbico (vitamina C)1 g
Zinco10 mg

Excipientes: ácido adípico, ácido cítrico, aroma de laranja, aspartamo, bicarbonato de sódio, corante amarelo crepúsculo, isomalte.

Sintomas decorrentes de dose excessiva são improváveis após uma única tomada do produto, uma vez que o ácido ascórbico, em quantidade excedendo às necessidades do organismo, é rapidamente eliminado pela urina.

Doses muito elevadas (superiores a 10g/dia) e tomadas por tempo prolongado podem provocar o desenvolvimento de cálculos urinários.

Diarreias temporárias ocorrem ocasionalmente após tomadas únicas de 3 g ou mais, e quase invariavelmente após doses de 10 g ou mais.

Doses muito elevadas de zinco podem causar náusea e diarreia.

Se você tiver alguma reação adversa, suspenda o uso do produto e procure assistencia médica, caso seja necessário.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

  • O uso crônico de Ácido Ascórbico (Vitamina C) (substância ativa) interfere na interação entre dissulfiram e álcool;
  • Com deferoxamina, aumenta a toxicidade residual do ferro, especialmente no coração, causando descompensação cardíaca;
  • Doses de 10g ou mais, prejudicam a absorção de anticoncepcionais orais;
  • Doses elevadas inativam a vitamina B12.

Com indinavir há redução dos níveis plasmáticos deste.

Amidalina

Aumento da hidrólise do medicamento elevando os níveis de cianeto (metabólito), e diminuição dos níveis séricos de cisteína, que é responsável pela degradação do cianeto.

Salicilatos

Aumentam a excreção urinária de Ácido Ascórbico (Vitamina C) (substância ativa).

Mexiletina

A acidificação da urina pode acelerar sua excreção renal.

Barbitúricos

Aumentam a necessidade diária de Ácido Ascórbico (Vitamina C) (substância ativa), pois aumentam sua excreção urinária.

Tetraciclinas

Inibem o metabolismo e reabsorção dos túbulos renais e aumentam a excreção urinaria de vitamina C.

Corticoesteróides

Reduzem os níveis de vitamina C no organismo através da oxidação.

Primidona

Aumentam a excreção urinária do Ácido Ascórbico (Vitamina C) (substância ativa).

Calcitonita

Aumenta a velocidade de utilização da vitamina C.

Paracetamol

Tem sua meia-vida aumentada.

Flufenazida

Tem sua concentração sérica diminuída, resultando em redução de sua ação.

Interferência em exames laboratoriais

O Ácido Ascórbico (Vitamina C) (substância ativa) é um forte redutor e, consequentemente, altera o resultado de testes que são baseados em reações de oxirredução.

Largas doses de Ácido Ascórbico (Vitamina C) (substância ativa) (acima de 500 mg) podem causar determinações falsonegativas de glicose, usando o método da glicose-oxidase ou resultados falso-positivos usando o método da redução do cobre (Reagente de Benedict).

A administração de Ácido Ascórbico (Vitamina C) (substância ativa) não deve ser feita, pelo menos de 48 a 72 horas antes do exame de sangue oculto nas fezes e em dosagens de acetaminofeno na urina, pois pode resultar em resultados falso-negativos.

Dependendo dos reagentes a serem utilizados, o Ácido Ascórbico (Vitamina C) (substância ativa) pode interagir com outros testes diagnósticos, podendo alterar determinações de glicosúria no sangue e urina, e níveis séricos de transaminases, creatinina, desidrogenases lática, ácido úrico e bilirrubina. Determina o falso doseamento elevado de carbamazepina.

Recomenda-se interromper o uso de ácido ascórbico por no mínimo 48 horas antes da realização desses exames.

Resultados de Eficácia


Devido às suas propriedades antioxidantes, o Ácido Ascórbico (Vitamina C) (substância ativa) parece proteger o óxido nítrico da degradação por radicais livres; promove a melhora na vasodilatação dependente do endotélio; reduz a rigidez arterial e diminui a agregação plaquetária em seres humanos.

Características Farmacológicas


O Ácido Ascórbico (Vitamina C) (substância ativa) atua como co-fator em diversas reações de hidroxilação e amidação pela transferência de elétrons para enzimas que fornecem equivalentes redutores. Por conseguinte, o Ácido Ascórbico (Vitamina C) (substância ativa) é necessário ou facilita a conversão de certos resíduos de prolina e lisina do pró-colágeno, a oxidação das cadeias laterais de lisina em proteínas, fornecendo a hidroxitrimetillisina para a síntese de carnitina, a conversão de ácido fólico em ácido folínico, o metabolismo microssomal de fármacos e a hidroxilação da dopamina para formar norepinefrina.

O Ácido Ascórbico (Vitamina C) (substância ativa) promove a atividade de uma enzima de amidação, que se acredita estar envolvida no processamento de certos hormônios peptídeos como a ocitocina. Nos tecidos, como dentes, ossos e endotélio capilar, o Ácido Ascórbico (Vitamina C) (substância ativa) está relacionado com a síntese de colágeno, proteoglicanos e outros constituintes orgânicos da matriz intercelular.

A vitamina C não é produzida pelo organismo humano e por isso necessita estar presente na alimentação diária. O Ácido Ascórbico (Vitamina C) (substância ativa) é bem absorvido, distribuindo-se uniforme e rapidamente, sendo eliminado em parte por oxidação e em parte por excreção renal.

Você deve conservar Cebion Zinco em temperatura ambiente (entre 15°C e 30°C), protegido da umidade.

Manter o tubo sempre bem fechado.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Características organolépticas

Os comprimidos de Cebion Zinco são redondos, alaranjados, lisos nos dois lados e com odor de laranja.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

M.S. 1.0089.0332.

Farmacêutica Responsável:
Fernanda P. Rabello
CRF-RJ nº 16979.

Importado por:
Merck S.A.
CNPJ 33.069.212/0001-84
Estrada dos Bandeirantes, 1099
Rio de Janeiro - RJ
CEP 22710-571
Indústria Brasileira.

Fabricado e embalado por:
Altea Farmacéutica S.A.
Bogotá – Colômbia.

Siga corretamente o modo de usar, não desaparecendo os sintomas procure orientação médica.

*Não use medicamentos sem o conhecimento do seu médico, pode ser perigoso para a sua saúde.
*As informações aqui divulgadas não deverão ser utilizadas como substituto de prescrição médica para o tratamento de qualquer doença.