Carbocin Icone para ediçãoIcone de Enomear Icone de Excluir

Para que serve

Carbocin ajuda no tratamento de problemas respiratórios, quando há um excesso de secreções que podem piorar o estado do paciente.

Como o Carbocin funciona?


Carbocin ajuda a diminuir a produção das secreções respiratórias, assim como deixa as secreções menos espessas, facilitando sua eliminação pelo organismo, quando há um excesso destas secreções por doenças respiratórias.

Carbocin começa a fazer efeito cerca de 1 a 2 horas após a sua administração.

O produto não deve ser utilizado por pacientes com úlceras pépticas ativas ou com alergia aos componentes da formulação.

Adulto:

5 a 10 mL (para medir o volume, utilize o copo-medida) do xarope, 3 vezes ao dia.

Pediátrico:

Crianças entre 5 e 12 anos:

5 a 10 mL (para medir o volume, utilize o copo-medida) do xarope, 3 vezes ao dia.

Atenção: Para medir o volume de Carbocin, utilize o copo-medida verifcando a posologia a ser adotada.

Siga corretamente o modo de usar; não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica.

Não use medicamento com prazo de validade vencido. Antes de usar, observe o aspecto do medicamento.

Gravidez e lactação:

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Pacientes idosos:

Não existem restrições ou precauções especiais com relação ao uso do produto por pacientes idosos.

Advertências do Carbocin


O tratamento com Carbocin não substitui o tratamento específco das doenças respiratórias, como a bronquite, a asma ou as infecções dos pulmões.

Assim, antes de começar o tratamento com Carbocin, o médico deve ser consultado para diagnosticar o tipo de doença e indicar o tratamento ou medicamento específco para cada doença.

Por não conter açúcar na sua formulação, carbocin pode ser consumido por pacientes diabéticos.

Este medicamento é contraindicado na faixa etária abaixo de 2 anos de idade.

Dor no estômago, enjoo, diarreia, sangramento no es tômago ou intestinos, alergia na pele, tontura, insônia, dor de cabeça, palpitação e leve diminuição da taxa de açúcar no sangue.

Informe ao seu médico o aparecimento destas ou de quaisquer outras reações desagradáveis.

Apresentação:

Xarope:

Frasco com 100 mL.

Uso oral.

Composição:

Xarope adulto – uso adulto:

Cada mL de Carbocin adulto contém:

Carbocisteína

50 mg

Veículo*

 1 ml

*Carmelose, sacarina sódica, ciclamato de sódio, propilparabeno, metilparabeno, hidróxido de sódio, corante vermelho eritrosina, ácido cítrico, álcool etílico, aroma e água deionizada.

Xarope pediátrico – uso pediátrico acima de 2 anos:

Cada mL contém:

Carbocisteína

20 mg

Veículo*

 1 ml

*Carmelose, sacarina sódica, ciclamato de sódio, propilparabeno, metilparabeno, hidróxido de sódio, corante vermelho eritrosina, ácido cítrico, álcool etílico, aroma e água deionizada.

Nestes casos, os sintomas mais comuns que podem aparecer são dor de estômago, enjoo, vômito e diarreia.

O médico deve ser imediatamente comunicado e, provavelmente, deverá ser feita uma lavagem gástrica, devendo o paciente ser mantido sob cuidadosa observação médica.

Durante o tratamento com Carbocin, você não deve fazer uso de medicamentos que inibem a tosse como os antitussígenos, bem como não deve fazer uso de medicamentos atropínicos (como, por exemplo: atropina).

Informe ao médico ou cirurgião-dentista o aparecimento de reações desagradáveis.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazen do uso de algum outro medicamento.

Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para sua saúde.

Resultados da eficácia

As doenças obstrutivas das vias respiratórias, como a bronquite crônica, a fibrose cística e o enfisema, embora apresentem grandes diferenças etiológicas e epidemiológicas, possuem uma importante característica em comum, que é o aumento da secreção brônquica, em algum estágio da doença. Esta secreção, devido às suas propriedades bioquímicas e físicas alteradas, não é eliminada pelos mecanismos mucociliares e pela tosse, determinando a necessidade de uma remoção terapêutica.

Vários estudos clínicos comprovaram a eficácia da Carbocisteína (substância ativa) nas doenças obstrutivas crônicas das vias respiratórias, levando a alterações reológicas da secreção e o aumento da expectoração, indicando uma melhora primária da função mucociliar.

A eficácia terapêutica do uso de mucolíticos foi confirmada numa revisão de 23 estudos clínicos randomizados, que comparou a utilização de mucolíticos com placebo, em pacientes adultos com bronquite crônica estável e doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC). Demonstrou-se que os mucolíticos reduzem de forma significativa o número e a duração das exacerbações, além de reduzirem a necessidade do uso de antibióticos.

Características Farmacológicas

Farmacodinâmica e Farmacocinética

A Carbocisteína (substância ativa) possui efeito mucolítico devido ao grupo tiólico livre, o qual atua diretamente sobre as mucoproteínas, realizando a abertura das ligações dissulfeto e consequentemente diminuindo a viscosidade do muco. Também possui a capacidade de aumentar a síntese da sialomucina, constituinte fundamental do muco brônquico e responsável pelas características reológicas do mesmo. A droga é rapidamente absorvida pelo trato gastrintestinal, atingindo efeito máximo em 1 a 2 horas após a administração. A meia-vida plasmática foi estimada em 1,5 a 2 horas e o volume aparente de distribuição em aproximadamente 60 litros. A Carbocisteína (substância ativa) parece distribuir-se bem no tecido pulmonar e no muco respiratório, sugerindo ação local. É metabolizada através da acetilação, descarboxilação e sulfoxidação. A maior parte da droga é eliminada inalterada através da urina.

Conserve o produto na embalagem original e em temperatura am biente (entre 15 e 30oC), protegido da luz.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Características físicas:

Carbocin (adulto e pediátrico) é um líquido límpido e de cor rosa claro.

Características organolépticas:

Carbocin (adulto e pediátrico) possui odor e sabor artifcial de cereja.

Reg. MS nº 1.4381.0037.

Farm. Resp.:
Charles Ricardo Mafra.
CRF-MG nº 10.883.

Registrado por:
Cimed Indústria de Medicamentos Ltda.
Rua Engenheiro Prudente,121.
CEP: 01550-000.
São Paulo/SP.
CNPJ: 02.814.497/0001-07.

Fabricado por:
Cimed Indústria de Medicamentos Ltda.
Av. Cel. Armando Rubens Storino, 2750.
Pouso Alegre/MG.
CEP 37.550-000.
CNPJ 02.814.497/0002-98.

*Não use medicamentos sem o conhecimento do seu médico, pode ser perigoso para a sua saúde.
*As informações aqui divulgadas não deverão ser utilizadas como substituto de prescrição médica para o tratamento de qualquer doença.