Balance Icone para ediçãoIcone de Enomear Icone de Excluir

Para que serve

Fase final (descompensada) de insuficiência renal crônica de qualquer origem tratado com diálise peritoneal.

Relacionados a solução:

Soluções com 1,5% / 2,3% / 4,25% de glicose + 1,75mmol / 1 de cálcio: 

Hipocalemia grave e hipocalcemia grave. 

Soluções com 4,25% de glicose: 

Hipovolemia e hipotensão arterial adicionais.

Relacionados ao tratamento:

Cirurgia ou lesão abdominal recente, queimaduras, hérnia, reação cutânea inflamatória abdominal (dermatite), doenças inflamatórias intestinais (doença de Crohn, colite ulcerativa, diverticulite), peritonite, feridas sem cura (fístulas abdominais), tumores intra-abdominais, obstrução intestinal (íleo), doenças pulmonares (especialmente pneumonia), distúrbios metabólicos (acidose lática), envenenamento generalizado no sangue (sepsis), perda extrema de peso (caquexia), particularmente quando uma nutrição adequada é impossível, em casos de acumulação de toxinas urêmicas no sangue (uremia) cuja eliminação não pode ser administrada por diálise peritoneal, níveis muito elevados de gordura no sangue (hiperlipidemia).

Não use a menos que a solução esteja limpa e o recipiente não esteja danificado.

Para uso único.

Qualquer porção não utilizada da solução deve ser descartada.

Não use antes de misturar ambas as soluções.

A solução pronta para usar deve ser usada dentro de 24 horas após a mistura.

Não armazene abaixo de 4 ° C.

Infecções:

Peritonite (muito comum); infecções no local de aplicação (muito comum); em casos muito raros sepsis.

Distúrbios do equilíbrio hormonal para soluções contendo 1,25 mmol/L de cálcio:

Super atividade da glândula paratireóide com potenciais distúrbios do metabolismo ósseo.

Doenças do metabolismo e da nutrição:

Aumento do nível de açúcar no sangue e níveis de gordura; aumento do peso corporal devido à absorção contínua de glicose a partir da solução de diálise peritoneal.

Doenças cardíacas e vasculares:

Pulso frequente; diminuição ou aumento da pressão arterial.

Distúrbios respiratórios:

Falta de ar devido à elevação do diafragma, dor no ombro.

Doenças gastrointestinais:

Diarreia; Prisão de ventre; hérnia (muito comum); distensão abdominal e sensação de plenitude.

Distúrbios renais:

Distúrbios eletrolíticos, como níveis de potássio reduzidos (muito comum), aumento dos níveis de cálcio em combinação com uma maior absorção de cálcio, como pela administração de aglutinantes de fosfato contendo cálcio ou níveis de cálcio diminuídos para soluções contendo 1,25 mmol / l de cálcio.

Distúrbios gerais e condições do sistema de administração / catéter:

Mal-estar geral; vermelhidão, inchaços, exsudações, crostas e dor no local de saída do cateter; tontura; edema; Distúrbios na hidratação indicados por uma diminuição rápida (desidratação) ou aumento (sobreidratação) no peso corporal. Pode ocorrer desidratação grave ao usar soluções de maior concentração de glicose.

Distúrbios relacionados ao procedimento de diálise peritoneal:

Efluente nublado; perturbações de saída e entrada da solução de diálise.

*Não use medicamentos sem o conhecimento do seu médico, pode ser perigoso para a sua saúde.
*As informações aqui divulgadas não deverão ser utilizadas como substituto de prescrição médica para o tratamento de qualquer doença.