Associações Fitoterápicas Icone para ediçãoIcone de Enomear Icone de Excluir

Para que serve

Um medicamento fitoterápico é aquele alcançado de plantas medicinais, onde utiliza-se exclusivamente derivados de droga vegetal tais como: suco, cera, exsudato, óleo, extrato, tintura, entre outros. O termo confunde-se com fitoterapia ou com planta medicinal que realmente envolve o vegetal como um todo no exercício curativo e/ou profilático. Os fitoterápicos são medicamentos industrializados e tem legislação específica. São uma mistura complexa de substâncias, onde, na maioria dos casos, o princípio ativo é desconhecido.

O simples fato de coletar, secar e estabilizar um vegetal não o torna medicamento fitoterápico. Deste modo, vegetais íntegros, rasurados, triturados ou pulverizados, não são considerados medicamentos fitoterápicos, em outras palavras, uma planta medicinal não é um fitoterápico. Também não são considerados fitoterápicos os chás, medicamentos homeopáticos e partes de plantas medicinais.

Embora de difícil consenso, um fitoterápico pode ser definido como um medicamento (obtido pela tecnologia farmacêutica e industrializado) de origem vegetal (fitomedicamento) caracterizado por apresentar várias substâncias químicas (fitoquímicos) responsáveis pelos efeitos terapêuticos e\ou colaterais (também). Esta definição se opõe a de um medicamento não-fitoterápico cuja origem do(s) princípio(s) ativo(s) não é(são) exclusivamente vegetal(is) além de ser variada (ex: anti-histamínicos, antitérmicos e vitamina C todos juntos em comprimidos antigripais). Por exemplo (típico), o fitoterápico Ginkgo biloba tem cerca de 20 substâncias ativas que respondem juntas pelo efeito terapêutico, sem a totalidade simultânea das quais, o mesmo efeito não se alcança na plenitude.

Assim como outros medicamentos, os fitoterápicos quando utilizados de forma incorreta podem proporcionar problemas de saúde

Por isso, para regulamentar a comunicação ao usuário, uma resolução da Anvisa em vigor desde 10 de março de 2010 padroniza regras para comercialização. Cada produto deve indicar para o que serve e seus possíveis efeitos colaterais. Os dados devem estar em um folheto informativo na embalagem ou no invólucro da planta.

fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Medicamento_fitoter%C3%A1pico

Este medicamento é contraindicado em pacientes com conhecida hipersensibilidade à droga e seus componentes.

O produto não deve ser usado em presença de glaucoma de ângulo fechado (aumentos súbitos de pressão intraocular), hipertrofia prostática (aumento da próstata), íleo paralítico (parada temporária dos movimentos de contração da parede do intestino), estenose pilórica (estreitamento da abertura do estômago para o intestino) arritmias taquicárdicas (alteração no ritmo do coração), adenoma da próstata com formação de urina residual (tumor benigno da próstata), edema agudo do pulmão (inchaço do pulmão), estenose mecânica do trato gastrointestinal e megacólon (estreitamento do trato gastrintestinal e intestino).

Como medida especial de precaução, deve-se evitar o emprego durante a gravidez e lactação, nas metrorragias (sangramento do útero fora do ciclo menstrual) e nas menstruações muito abundantes.

Este medicamento é contraindicado para uso em crianças.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica. Informe imediatamente seu médico em caso de suspeita de gravidez.

Isento de Prescrição Médica

Conforme orientação médica ou do farmacêutico.

Pomada Imescard, Gotas Preciosas, Lycogastrin, Natulaxe, Nerviton, Pílulas De-Lussen, Ulceronyl, Viticromin, Belly, Chlorella, Calcitotal, Ziclague, Sobral Tônico, Suavlax, Complexo Homeopático Hamamelis nº 21, Apis mellifica 6CH Boiron, Borax 6CH Boiron, Coryzalia, Uroflan, Colírio de Cinerária Marítima, Bryophyllum Argento Cultum, Homéoptic, Homeopax, Bronquivita, Stressdoron, Sédatif PC, Stodal, Oscillococcinum, Cordiaflan, Complexo Homeopático Lachesis nº 28, Complexo Homeopático Cantharis nº 16, Complexo Homeopático Ignatia nº 35, Complexo Homeopático Hydrastis nº 3, Complexo Homeopático Causticum nº 9, Complexo Homeopático Iris Almeida Prado nº 1, Complexo Homeopático Lobelia nº 49, Proden, Previgrip Solução Oral, Previgrip Glóbulos, Pílulas Imescard, Prostat HPB, Aplause, Castanha da Índia - Belfar, Flor da Noite Composta Cápsula, Funchicórea, Olina Essência de Vida, Solidago Virgaurea, Tanaceto EC, Berinjela - Fibralive, Bromelin S, Biosomnus, Flor da Noite Composta Tintura

*Não use medicamentos sem o conhecimento do seu médico, pode ser perigoso para a sua saúde.
*As informações aqui divulgadas não deverão ser utilizadas como substituto de prescrição médica para o tratamento de qualquer doença.