Aristab Icone para ediçãoIcone de Enomear Icone de Excluir

Indicação

Para que serve?

Aristab é indicado no tratamento da esquizofrenia e de episódios associados ao transtorno bipolar do tipo I, em adultos.

Aristab pode ser encontrado em comprimidos de 10 mg, 15 mg, 20 mg ou 30 mg.

Posologia

Como usar?

As doses recomendadas de Aristab devem apenas ser indicadas pelo médico, pois a dose recomendada depende do tipo de problema a tratar, da idade, sexo, raça e resposta individual de cada paciente ao tratamento.

Geralmente, dose recomendada de Aristab varia de 10 mg a 30 mg por dia.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Alguns dos efeitos colaterais de de Aristab incluem náusea, vômito, prisão de ventre, dor de cabeça, tontura, agitação e dificuldade em estar parado, ansiedade, insônia, inquietação, sedação e tremores.

Contraindicações

Quando não devo usar?

Aristab está contraindicado para mulheres que estejam amamentando, crianças e pacientes com alergia ao Aripiprazol ou a outros componentes da fórmula.

Mecanismo de Ação

Como funciona?

Aristab é um medicamento que tem na sua composição Aripiprazol, um composto eficaz no tratamento da esquizofrenia e transtorno bipolar, cujo o mecanismo de ação não se encontra totalmente esclarecido. Porém, acredita-se que Aripiprazol atua nos receptores no sistema nervoso central.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

Antes de usar Aristab​, deverá falar com o seu médico se estiver grávida, pretender usar o medicamento em pacientes idosos com psicose associada à demência, tiver historial de Síndrome Neuroléptica Maligna ou Discinesia Tardia, tiver hiperglicemia, diabetes Mellitus ou factores de risco para diabetes, doença ou problemas cardiovasculares, doença cerebrovascular ou condições que levem à hipotensão, baixa contagem de leucócitos, historial de leucopenia, neutropenia ou de convulsões, tiver risco de pneumonia por aspiração, pensamentos de suicídio, tiver problemas ou doença nos rins ou fígado ou se estiver a tomar outros medicamentos.

Durante o tratamento com Aristab deve evitar dirigir veículos ou maquinas, pois este medicamento pode prejudicar a habilidade e atenção para dirigir

O tratamento com Aristab nunca deve ser interrompido sem conhecimento do seu médico e os horários, as doses e duração do tratamento devem ser respeitados.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

Em caso de toma excessiva de Aristab​, deve dirigir-se ao hospital mais próximo, levando a embalagem ou bula do medicamento. Alguns dos efeitos mais comuns que pode sentir após a toma excessiva de Aristab podem ser vômito, sonolência e tremores.

Composição

Aristab 10 mg por cada comprimido de contém:
Aripiprazol ___________________________________ 10 mg
Excipientes ____________________________ 1 comprimido

(Excipientes: celulose microcristalina, lactose monoidratada, amido, hiprolose, estearato de magnésio e corante óxido de ferro vermelho).

Aristab 15 mg por cada comprimido de contém:
Aripiprazol ___________________________________ 15 mg
Excipientes ____________________________ 1 comprimido

(Excipientes: celulose microcristalina, lactose monoidratada, amido, hiprolose, estearato de magnésio e corante óxido de ferro amarelo).

Aristab 20 mg por cada comprimido de contém:
Aripiprazol ___________________________________ 20 mg
Excipientes ____________________________ 1 comprimido

(Excipientes: celulose microcristalina, lactose monoidratada, amido, hiprolose e estearato de magnésio).

Aristab 30 mg por cada comprimido contém:

Aripiprazol ___________________________________ 30 mg
Excipientes ____________________________ 1 comprimido

(Excipientes: celulose microcristalina, lactose monoidratada, amido, hiprolose, estearato de magnésio e corante óxido de ferro vermelho).

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar este medicamento?

Caso ocorra o esquecimento da administração de uma dose de Aristab, deve tomar a dose esquecida logo que se lembre. Porém, as doses de Aristab nunca devem ser administradas a dobrar no mesmo dia ou em horários muito próximos.

Interações Medicamentosas

Aristab não deve ser administrado em conjunto com alguns medicamentos ou substâncias sem orientação médica, como bebidas alcoólicas ou outras drogas com ação central, agentes indutores de CYP3A4 como carbamazepina, inibidores da CYP3A4 ou da CYP2D6 como quinidina, fluoxetina ou paroxetina ou juntamente com alguns medicamentos anti-hipertensivos.

Laboratório

Aché

 - SAC 0800 701 6900

O genérico de Aristab é o Aripiprazol e outros remédios para tratar a esquizofrenia podem ser Risperidona, Uni Haloper ou Olanzapina.

Dizeres Legais:

MS: 1.0573.0425
Farm. Resp.: Gabriela Mallmann

*Não use medicamentos sem o conhecimento do seu médico, pode ser perigoso para a sua saúde.
*As informações aqui divulgadas não deverão ser utilizadas como substituto de prescrição médica para o tratamento de qualquer doença.