Aerofrin Icone para ediçãoIcone de Enomear Icone de Excluir

Para que serve

Indicado em desordens respiratórias, como asma brônquica, bronquite crônica e enfisema.

- Hipersensibilidade conhecida a qualquer componente da fórmula.
- Contra-indicado nos casos de ameaça de aborto.

- Alívio do broncoespasmo agudo ou de crises de asma:
Adultos: 100 ou 200 mcg (1 ou 2 doses).
Crianças: 100 mcg (1 dose), que podem ser aumentados para 200 mcg (2 doses) se necessário.

- Prevenção do broncoespasmo provocado por exercícios físicos ou alergia:
Adultos: 200 mcg (2 doses) antes do exercício ou da exposição inevitável ao alérgeno (causador de alergia).
Crianças: 100 mcg (1 dose) antes do exercício ou da exposição inevitável ao alérgeno (causador de alergia), que podem ser aumentados para 200 mcg (2 doses) se necessário.

- Terapia crônica:
Adultos: até 200 mcg (2 doses) quatro vezes ao dia.
Crianças: até 200 mcg (2 doses) quatro vezes ao dia.

Sua resposta ao tratamento da asma deve ser monitorada pelo seu médico através da realização de exames para avaliar a sua função pulmonar.
Como podem ocorrer reações adversas causadas por doses elevadas, não aumente a dose nem a frequência de administração de Aerofrin, mesmo que o alívio usual não ocorra ou a duração de ação diminua, a menos que a mudança tenha sido recomendada pelo seu médico. Procure-o caso isso ocorra.
O aumento do uso de Aerofrin para melhora dos sintomas indica que o controle da asma se deteriorou. Nesse caso, fale com o seu médico, que deve considerar a terapia com corticosteroides. Procure orientação médica caso uma dose antes eficaz de Aerofrin não produza o alívio esperado por pelo menos 3 horas.
Aerofrin pode reduzir os níveis sanguíneos de potássio.
Se você sofre de hipertireoidismo, informe seu médico, pois deverá fazer uso de Aerofrin com cautela.
Se você utiliza xantinas, corticosteroides, diuréticos ou sofre de hipóxia (má oxigenação do sangue), informe seu médico. Nessas situações recomenda-se monitorar os níveis de potássio.
Aerofrin não é contraindicado em pacientes em tratamento como inibidores da monoaminoxidase (IMAOS).

- Reações comuns: tremor; dor de cabeça; taquicardia (aumento da frequência dos batimentos do coração).
- Reações incomuns: palpitações no coração; irritação na boca e na garganta; câimbras musculares.
- Reações raras: diminuição dos níveis de potássio do sangue; aumento do fluxo sanguíneo em determinadas regiões.
- Reações muito raras: Hipersensibilidade - reações alérgicas caracterizadas por vermelhidão, coceira, inchaço, falta de ar, podendo ocorrer diminuição da pressão sanguínea e desmaio; arritmias cardíacas (alterações do ritmo normal dos batimentos do coração); hiperatividade; broncoespasmo paradoxal.

- Uso em idosos, crianças e outros grupos de risco:
Idosos: no tratamento de pacientes idosos deve-se seguir as mesmas orientações dadas para o tratamento de adultos.

- Efeitos sobre a capacidade de dirigir veículos e operar máquinas
Nenhum efeito sobre essas atividades foi reportado.

- Fertilidade
Não há informações sobre os efeitos do salbutamol na fertilidade humana. Não foram observados efeitos adversos na fertilidade em animais.

- Gravidez
A administração de medicamentos durante a gravidez somente deve ser feita se o benefício para a mãe for maior do que qualquer risco para o feto.

- Lactação
Como o salbutamol é provavelmente secretado no leite materno, não se recomenda o uso de Aerofrin em mulheres que estejam amamentado.
Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

COMPOSIÇÃO Cada dose de Aerofrin® spray contém: sulfato de salbutamol 120,5 mcg (equivalentes a 100 mcg de salbutamol) excipiente q s p 1 dose Excipientes: ácido oléico; álcool etílico; 1,1,1,2-tetrafluoretano INFORMAÇÕES AO PACIENTE 1 PARA QUÊ ESTE MEDICAMENTO É INDICADO Aerofrin® spray é indicado para o controle e prevenção dos espasmos (contrações) dos brônquios durante as crises de asma, bronquite crônica e enfisema 2

COMPOSIÇÃO Cada dose de 5 mL de Aerofrin® solução oral contém: sulfato de salbutamol 2,4 mg (equivalente a 2,0 mg de salbutamol) veículo q s p 5 mL Veículo: sacarose, ácido cítrico, citrato de sódio, metilparabeno, propilparabeno, álcool etílico, corante vermelho Ponceau, aroma de morango, água purificada INFORMAÇÕES AO PACIENTE 1 PARA QUÊ ESTE MEDICAMENTO É INDICADO Aerofrin® solução oral é indicado para o controle e a prevenção do ataque asmático e proporciona alívio do espasmo brônquico associado às crises de asma, bronquite crônica e enfisema 2

Se acidentalmente você usar mais doses do que as recomendadas, perceberá que seu coração fica mais acelerado que o normal e você poderá se sentir tonto. Poderá também ter dor de cabeça. Esses efeitos normalmente passam em poucas horas, mas não deixe de informar seu médico o mais rápido possível.

O Sulfato de Salbutamol (substância ativa) e as drogas betabloqueadoras não seletivas, como o propranolol, não devem ser prescritos conjuntamente.

O Sulfato de Salbutamol (substância ativa) não é contraindicado para pacientes que recebem tratamento com inibidores da monoaminoxidase (IMAOs).

Resultados de Eficácia


Observam-se melhoras significativas da função pulmonar logo após a inalação de Sulfato de Salbutamol (substância ativa), e a broncodilatação máxima ocorre no período de 5 a 15 minutos, perdurando por até 6 horas.

O Sulfato de Salbutamol (substância ativa) é eficaz no tratamento de crianças asmáticas.

Características Farmacológicas


Propriedades farmacodinâmicas

O Sulfato de Salbutamol (substância ativa) é um agonista seletivo dos receptores beta2-adrenérgicos. Em doses terapêuticas, atua nos receptores beta2-adrenérgicos da musculatura brônquica e tem pouca ou quase nenhuma ação sobre os receptores beta1-adrenérgicos do músculo cardíaco.

O tempo estimado de início de ação do Sulfato de Salbutamol (substância ativa) xarope é até 5 minutos (geralmente ocorre em 3 minutos ou menos).

Propriedades farmacocinéticas

O Sulfato de Salbutamol (substância ativa) administrado por via intravenosa tem meia-vida de 4 a 6 horas e é parcialmente depurado pelos rins e parcialmente metabolizado, transformando-se no composto inativo 4-O-sulfato (sulfato fenólico), excretado principalmente através da urina.

As fezes representam uma via menor de excreção. A maior parte da dose de Sulfato de Salbutamol (substância ativa) administrada por via intravenosa é excretada em 72 horas.

O Sulfato de Salbutamol (substância ativa) está ligado às proteínas plasmáticas na proporção de 10%. Após administração por via inalatória, cerca de 10% a 20% da dose atinge as vias aéreas inferiores. O restante fica retido no dispositivo de liberação ou se deposita na orofaringe, por onde é deglutido. A fração depositada nas vias aéreas é absorvida pelos tecidos pulmonares e pela circulação, não sendo metabolizada pelos pulmões. Ao alcançar a circulação sistêmica, o fármaco se torna vulnerável ao metabolismo hepático e é excretado, principalmente na urina, como droga inalterada e como sulfato fenólico. A porção da dose inalada que é deglutida em seguida é absorvida pelo trato gastrintestinal e sofre metabolização considerável de primeira passagem a sulfato fenólico. Tanto a droga inalterada quanto o conjugado são excretados principalmente na urina.

ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE MEDICAMENTO Cuidados de armazenamento Mantenha o produto em sua embalagem original, em temperatura entre 15ºC e 30°C, protegido da luz e da umidade Como ocorre com a maioria dos produtos apresentados na forma de aerossol, o efeito terapêutico deste medicamento poderá ser prejudicado se o frasco ficar sob baixas temperaturas O frasco não deve ser quebrado, perfurado ou queimado nem mesmo quando aparentemente vazio Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem Não use medicamento com o prazo de validade vencido Guarde-o em sua embalagem original Aspectos físicos / Características organolépticas Aerofrin® spray é um líquido incolor, altamente volátil Antes de usar, observe o aspecto do medicamento Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças 6

ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE MEDICAMENTO Cuidados de armazenamento O produto deve ser mantido em sua embalagem original, em temperatura entre 15ºC e 30°C, protegido da luz e da umidade Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem Não use medicamento com o prazo de validade vencido Guarde-o em sua embalagem original Aspectos físicos / Características organolépticas Aerofrin® solução oral de coloração avermelhada, com odor característico de morango e ausência de partículas estranhas Antes de usar, observe o aspecto do medicamento Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças 6

O uso de Aerofrin spray não deve exceder quatro vezes ao dia.

Igor F. R. Ribeiro CRF-MG 20.210

*Não use medicamentos sem o conhecimento do seu médico, pode ser perigoso para a sua saúde.
*As informações aqui divulgadas não deverão ser utilizadas como substituto de prescrição médica para o tratamento de qualquer doença.