Acertanlo Icone para ediçãoIcone de Enomear Icone de Excluir

Para que serve

Acertanlo é indicado no tratamento da hipertensão arterial em adultos.

Como o Acertanlo funciona?

Acertanlo é uma combinação de dois componentes ativos, perindopril e anlodipino. Essas duas substâncias ajudam a controlar a pressão arterial alta.

Perindopril é um inibidor de ECA (Enzima Conversora de Angiotensina). Anlodipino é um antagonista do cálcio (que pertence a uma classe de medicamentos chamados diidropiridinas). Juntos eles trabalham para ampliar e relaxar os vasos sanguíneos de modo que o sangue passe por eles com mais facilidade, tornando mais fácil para o coração manter um bom fluxo sanguíneo.

A maior concentração dos ativos da associação ocorre em cerca de 1 hora para o perindopril, 6-12horas para o anlodipino e 3-4 horas para o perindoprilato (metabólito ativo).

Acertanlo não deve ser utilizado nas seguintes situações

  • Se você é alérgico ao perindopril ou qualquer outro inibidor de ECA, ao anlodipino ou a outro antagonista de cálcio, ou ainda à qualquer outro componente da fórmula;
  • Se você tem problemas renais graves;
  • Se tiver sintomas conhecidos, como respiração ofegante, inchaço da face ou língua, comichão intensa ou erupções cutâneas graves com tratamento anterior com inibidor da ECA. Ou Se você ou um membro da sua família teve estes sintomas em qualquer outras circunstâncias (condição chamada angioedema);
  • Se você tem estreitamento da válvula cardíaca aórtica (estenoSe aórtica) ou choque cardiogênico (uma condição onde o coração é incapaz de fornecer sangue suficiente para o corpo);
  • Se você tiver pressão arterial baixa grave (hipotensão);
  • Se você tiver insuficiência cardíaca, após infarto agudo do miocárdio;
  • Se você estiver com mais de 3 meses de gravidez (também é melhor evitar Acertanlo no início da gravidez);
  • Se você tem diabetes ou insuficiência renal e é tratado com medicamento para redução da pressão arterial contendo alisquireno;
  • Se você está fazendo diálise ou qualquer outro tipo de filtração do sangue. Dependendo da máquina que é usada, Acertanlo pode não ser adequado para você;
  • Se você tiver problemas renais, onde o suprimento de sangue para os seus rins é reduzido (estenoSe da artéria renal).

Este medicamento é contraindicado para menores de 18 anos.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica. Informe imediatamente seu médico em caso de suspeita de gravidez.

Atenção: Este medicamento contém açúcar (lactose), portanto, deve ser usado com cautela em portadores de Diabetes.

Sempre tomar Acertanlo exatamente como seu médico orientou. Consulte seu médico ou farmacêutico se tiver alguma dúvida.

A dose recomendada é de um comprimido de Acertanlo 3,5mg /2,5mg uma vez ao dia.

Se você sofre de problemas renais moderados, seu médico pode aconselhá-lo a tomar um comprimido de Acertanlo 3,5mg /2,5mg em dias alternados no início do tratamento.

Dependendo de como você responderá ao tratamento, seu médico pode decidir aumentar a dose após um mês para 7mg /5mg uma vez ao dia, se necessário. Se a sua pressão arterial não for controlada após 1 mês de tratamento com 7 mg /5 mg, a dose pode ser aumentada para 14 mg/10 mg uma vez por dia.

Um comprimido por dia de Acertanlo 14mg / 10mg é a dose diária máxima recomendada para hipertensão arterial.

Tome seu comprimido preferencialmente no mesmo horário todos os dias, pela manhã, antes da refeição em jejum.

Não exceda a dose receitada.

Como o tratamento com Acertanlo é geralmente ao longo da vida, você deve discutir com seu médico antes de parar de tomá-lo.

Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar Acertanlo?

É importante tomar seu medicamento todo dia, como tratamento regular, funciona melhor. No entanto, se você esquecer de tomar Acertanlo, tome a próxima dose no horário receitado pelo seu médico. Não dobre a dose para compensar a dose esquecida.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

Fale com seu médico ou farmacêutico ou enfermeiro antes de tomar Acertanlo se você

  • Tem cardiomiopatia hipertrófica (doença do músculo cardíaco);
  • Tem insuficiência cardíaca;
  • Tiver grave aumento da pressão arterial (crise hipertensiva), tiver qualquer outro problema cardíaco;
  • Tiver problemas de fígado;
  • Tiver problemas renais (incluindo transplante renal);
  • Tiver aumento anormal nos níveis do hormônio aldosterona no sangue (aldosteronismo primário);
  • Tem doença vascular do colágeno (doença do tecido conjuntivo), como lúpus eritematoso sistêmico ou esclerodermia;
  • Tem diabetes;
  • Tem uma dieta de restrição de sal, ou usa um substituto de sal que contenha potássio (um nível balanceado de potássio no sangue é essencial);
  • É idoso e sua dose precisa ser aumentada;
  • Toma algum dos seguintes medicamentos utilizados para tratar hipertensão elevada como bloqueador dos receptores de angiotensina II (também conhecido como sartans, por exemplo: valsartana, telmisartana, irbesartana), em particular se você tem problemas renais relacionado ao diabetes e Alisquireno.

Seu médico deve checar sua função renal, pressão arterial e a quantidade de eletrólitos (por exemplo, potássio) em seu sangue em intervalos regulares.

Veja também informações sobre “Contraindicações”;

É de origem negra, pois você pode ter um maior risco de angioedema e este medicamento pode ser menos efetivo na redução da pressão arterial do que em pacientes não negros.

Angioedema

Angioedema (uma reação alérgica severa com inchaço da face, lábios, língua ou garganta com dificuldade em engolir ou respirar) tem sido relatada em pacientes tratados com inibidores da ECA, incluindo perindopril. Isto pode ocorrer em qualquer momento durante o tratamento. Se você desenvolver tais sintomas, deve parar de tomar Acertanlo e consultar um médico imediatamente.

Você deve comunicar seu médico se tem suspeita ou deseja engravidar. Acertanlo não é recomendado no início da gravidez, e também não deve ser usado se você estiver com mais de 3 meses de gravidez, podendo causar sérios problemas para seu bebê se utilizado nesse estágio.

Durante o tratamento com Acertanlo, você deve informar seu médico ou equipe médica, se você

  • Tiver que tomar uma anestesia geral e/ou fazer uma cirurgia de grande porte;
  • Recentemente teve diarreia ou vômito (esteve doente);
  • Tiver que passar por uma aférese de LDL (remoção de colesterol do sangue por uma máquina);
  • Vai passar por um tratamento de dessensibilização para reduzir os efeitos de uma alergia a picadas de abelha ou vespa.

Alimento e bebida

Suco de toranja e toranja (grapefruit) não devem ser consumidos por pessoas que estão tomando Acertanlo, pois podem conduzir a um aumento nos níveis sanguíneos do ingrediente ativo anlodipino, o que pode causar um aumento imprevisível no efeito de redução da pressão arterial do Acertanlo.

Este medicamento contém lactose. Se você foi informado pelo seu médico que possui intolerância a alguns açúcares, entre em contato com seu médico antes de tomar esse medicamento.

Atenção: Este medicamento contém açúcar (lactose), portanto deve ser usado com cautela em portadores de Diabetes.

Interações medicamentosas

Informe seu médico ou farmacêutico se você está fazendo uso, se utilizou recentemente ou se vier a tomar outros medicamentos.

Você deve evitar Acertanlo com

  • Lítio (usado no tratamento de doenças psiquiátricas como mania ou depressão);
  • Estramustina (usado na terapia do câncer);
  • Medicamentos poupadores de potássio (por exemplo, triantereno, amilorida), suplementos de potássio ou substitutos do sal contendo potássio;
  • Alisquireno (usado no tratamento da hipertensão arterial);
  • Bloqueadores de receptor de angiotensina II (usado no tratamento da hipertensão arterial) (por exemplo valsartana, telmisartana e irbesartana);
  • Dantrolene (infusão) (utilizado para tratar a rigidez muscular em doenças como esclerose múltipla ou para tratar a hipertermia maligna durante a anestesia, sintomas incluindo febre muito alta e rigidez muscular).

O tratamento com Acertanlo pode ser afetado por outros medicamentos. Certifique-se de informar o seu médico se estiver tomando algum dos seguintes medicamentos, pois cuidados especiais podem ser necessários com

  • Outros medicamentos para hipertensão arterial, incluindo diuréticos (medicamentos que aumentam a produção de urina pelos rins);
  • Medicamento anti-inflamatório não-esteroidal (por exemplo, ibuprofeno) para alívio da dor ou alta dose de aspirina;
  • Medicamento para diabetes (tais como insulina, gliptinas);
  • Medicamentos para tratar transtornos mentais tais como depressão, ansiedade, esquizofrenia (por exemplo, antidepressivos tricíclicos, antipsicóticos, antidepressivos tipo imipramina, neurolépticos),
  • Imunossupressores (medicamentos que reduzem o mecanismo de defesa do organismo) usado para o tratamento de doenças auto-imune ou após cirurgias de transplante (por exemplo ciclosporina, tacrolimus);
  • Alopurinol (para o tratamento da gota);
  • Procainamida (para o tratamento do batimento irregular do coração);
  • Vasodilatadores incluindo nitratos (produtos que ampliam os vasos sanguíneos);
  • Heparina (medicamentos usados para afinar o sangue);
  • Efedrina, noradrenalina ou adrenalina (medicamentos usados no tratamento da pressão arterial baixa, choque e asma);
  • Baclofeno usado no tratamento de doenças de rigidez muscular, tais como esclerose múltipla;
  • Alguns antibióticos tais como rifampicina, eritromicina, claritromicina;
  • Agentes antiepiléticos tais como carbamazepina, fenobarbital, fenitoína, fosfenitoina, primidona;
  • Itraconazol, cetoconazol (medicamentos utilizados para o tratamento de infecção fúngica);
  • Alfa-bloqueadores usados no tratamento do aumento da próstata, tais como a prazosina, alfuzosina, doxazosina, tansulosina, terazosina;
  • Amifostina (usada na prevenção ou redução de efeitos adversos causados por outros medicamentos ou terapia com radiação que são usadas no tratamento de câncer);
  • Corticosteróides (usado no tratamento de várias condições incluindo asma severa e artrite reumatoide);
  • Sais de ouro, especialmente com administração intravenosa (usado no tratamento dos sintomas da artrite reumatoide);
  • Ritonavir, indinavir, nelfinavir (chamados inibidores da protease, usados para o tratamento de HIV);
  • Poupadores de potássio drogas utilizadas no tratamento de insuficiência cardíaca: eplerenona e espironolactona, em doses entre 12.5 mg a 50 mg por dia;
  • Trimetoprima (para o tratamento de infecções);
  • Estramustina (usado na terapia do câncer);
  • Hypericum perforatum (Erva de São João, um medicamento à base de plantas utilizado para tratar a depressão);
  • Sinvastatina (um medicamento redutor do colesterol).

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista, se você está fazendo uso de algum outro medicamento. 

Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

Assim como todos os medicamentos, Acertanlo pode causar eventos adversos, embora nem todos os pacientes irão apresentá-los.

Interrompa o tratamento com Acertanlo e consulte seu médico imediatamente, se você tiver algum dos efeitos adversos a seguir, que podem ser graves

  • Chiado súbito na respiração, dor no peito, falta de ar ou dificuldade em respirar (broncoespasmo) (incomum – ocorre entre 0,1% e 1% dos pacientes que utilizam este medicamento);
  • Inchaço nas pálpebras, face ou lábios (incomum ocorre entre 0,1% e 1% dos pacientes que utilizam este medicamento);
  • Inchaço na língua e garganta, que causa grande dificuldade em respirar (angioedema) (incomum ocorre entre 0,1% e 1% dos pacientes que utilizam este medicamento);
  • Reações cutâneas graves, incluindo erupção cutânea intensa, urticária, vermelhidão da pele ao longo de todo o seu corpo, coceira intensa (eritema multiforme, incomum ocorre entre 0,1% e 1% dos pacientes que utilizam este medicamento); bolhas, descamação e inchaço da pele (dermatite esfoliativa) (muito raro – ocorre em menos de 0,01% dos pacientes que utilizam este medicamento); inflamação das membranas mucosas (síndrome de Stevens Johnson) (muito raro – ocorre em menos de 0,01% dos pacientes que utilizam este medicamento); ou outras reações alérgicas (incomum ocorre entre 0,1% e 1% dos pacientes que utilizam este medicamento);
  • Tonturas graves e desmaios devido a pressão arterial baixa (comum ocorre entre 1% e 10% dos pacientes que utilizam este medicamento);
  • Fraqueza nos braços ou pernas, ou problemas de fala, que pode ser sinal de um possível acidente vascular cerebral (muito raro ocorre em menos de 0,01% dos pacientes que utilizam este medicamento);
  • Ataque cardíaco, dor no peito (angina) (muito raro ocorre em menos de 0,01% dos pacientes que utilizam este medicamento), batimentos cardíacos rápidos ou anormais (comum ocorre entre 1% e 10% dos pacientes que utilizam este medicamento);
  • Pâncreas inflamado que pode causar grave dor abdominal e nas costas acompanhado de mal estar (muito raro ocorre em menos de 0,01% dos pacientes que utilizam este medicamento);
  • Coloração amarela da pele e olhos (icterícia), que pode ser um sinal de hepatite (muito raro ocorre em menos de 0,01% dos pacientes que utilizam este medicamento).

Os seguintes efeitos adversos foram relatados com Acertanlo. Informe ao seu médico se notar alguma das reações listadas abaixo

Reação comum (ocorre entre 1% e 10% dos pacientes que utilizam este medicamento)

Tontura, tosse e edema.

Reação incomum (ocorre entre 0,1% e 1% dos pacientes que utilizam este medicamento)

Níveis alto de potássio no sangue que podem causar rio anormal do coração (hipercalemia), excesso de açúcar no sangue (hiperglicemia) e cansaço.

Os seguintes efeitos adversos foram reportados com perindopril ou anlodipino, e, ou não foram observados com Acertanlo ou foram observados com uma maior frequência do que com Acertanlo.

Estes efeitos adversos também podem ocorrer com Acertanlo. Se algum destes lhe ocorrer, você deve entrar em contato com o seu médico

Reação comum (ocorre entre 1% e 10% dos pacientes que utilizam este medicamento)

Dor de cabeça, sonolência (especialmente no início do tratamento), percepção de alteração do paladar, dormência ou sensação de formigamento nos membros, vertigem, distúrbio de visão (incluindo visão duplicada), zumbido (sensação de barulho dentro do ouvido), palpitação (sentir o seu batimento cardíaco), rubor, falta de ar (dispneia), dor abdominal, náusea (sentindo doente, vômito (estando doente), dispepsia ou dificuldade de digestão, constipação, diarreia, comichão, erupções cutâneas, vermelhidão da pele, prurido, inchaço dos tornozelos, cãibras musculares, cansaço e fraqueza.

Reação incomum (ocorre entre 0,1% e 1% dos pacientes que utilizam este medicamento)

Aumento de algumas células brancas do sangue (eosinofilia), baixo nível de sódio no sangue (hiponatremia), baixo nível de açúcar no sangue (hipoglicemia), alterações de humor, ansiedade, insônia, depressão, distúrbios do sono, síncope, perda da sensação de dor, tremor, vasculite (inflamação dos vasos sanguíneos), rinite (nariz entupido ou coriza), alterações do trânsito intestinal, boca seca, aumento da sudorese, perda de cabelo, manchas vermelhas na pele, descoloração da pele, formação de grupos de bolhas sobre a pele, sensibilidade à luz, dor nas costas, dores musculares ou articulares, dificuldade em urinar, aumento da necessidade de urinar durante a noite, aumento do número de vezes de urinar, problemas renais, impotência, desconforto ou aumento das mamas nos homens, dor no peito, mal-estar, dor, aumento de peso ou diminuição, aumento da ureia no sangue, aumento da creatinina no sangue e queda.

Reação rara (ocorre entre 0,01% e 0,1% dos pacientes que utilizam este medicamento)

Confusão, alto nível de bilirrubina sérica e aumento do nível das enzimas hepáticas.

Reação muito rara (ocorre em menos de 0,01% dos pacientes que utilizam este medicamento)

Mudanças nos valores sanguíneos como um menor número de células brancas e vermelhas do sangue, diminuição da hemoglobina, diminuição de plaquetas no sangue, aumento da tensão muscular, distúrbios dos nervos que podem causar fraqueza, formigamento ou dormência, acidente vascular cerebral, pneumonia eosinofílica (um tipo raro de pneumonia), inchaço das gengivas, inchaço abdominal (gastrite), coloração amarela de pele (icterícia) e insuficiência renal aguda.

Os seguintes efeitos adversos também foram reportados por pacientes que tomaram anlodipino

Distúrbios combinando rigidez, tremor e distúrbios do movimento.

Se você tiver quaisquer evento adverso, incluindo possíveis eventos adversos não indicados nesta bula, fale com seu médico ou farmacêutico. Ao relatar efeitos adversos, você pode ajudar a fornecer mais informações sobre a segurança do medicamento.

Atenção: este produto é um medicamento novo e, embora as pesquisas tenham indicado eficácia e segurança aceitáveis, mesmo que indicado e utilizado corretamente, podem ocorrer eventos adversos imprevisíveis ou desconhecidos. Nesse caso, informe seu médico ou cirurgião-dentista.

Uso em crianças e adolescentes

Acertanlo não deve ser utilizado em crianças e adolescentes.

Gravidez e Lactação

Se estiver grávida ou amamentando, se suspeita que está grávida ou planejando ter um bebê, pergunte ao seu médico ou farmacêutico antes de tomar este medicamento.

Gravidez

Comunique seu médico caso esteja grávida ou pretenda engravidar. Seu médico deverá aconselhá-la a para de tomar Acertanlo antes de você engravidar ou assim que souber que está grávida e irá aconselhá-la a tomar outro medicamento ao invés de Acertanlo. Acertanlo não é recomendado no início da gravidez, e não deve ser usado quando estiver com mais de 3 meses, pois pode causar sérios problemas para o seu bebê se usado após o terceiro mês de gravidez.

Lactação

Fale com seu médico se você estiver amamentando ou preste a amamentar. Acertanlo não é recomendado para mães que estejam amamentando e o seu médico poderá escolher outro tratamento para você se você desejar amamentar, especialmente se o bebé for recém-nascido ou prematuro.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica. Informe imediatamente seu médico em caso de suspeita de gravidez.

Condução de veículos e operação de máquinas

Este medicamento pode afetar sua habilidade de condução de veículos e operação de máquinas. Caso se sinta doente, com tonturas, fraqueza ou cansaço, ou dor de cabeça, não conduza ou utilize máquinas e contate seu médico imediatamente.

Cada comprimido de Acertanlo 3,5mg/2,5mg contém:

Perindopril arginina3,5mg*
Besilato de anlodipino3.4675mg**
Excipientes q.s.p1 comprimido***

*Correspondente a 2,378mg de perindopril.
**Correspondente a 2,5mg de anlodipino.

Cada comprimido de Acertanlo 7mg/5mg contém:

Perindopril arginina7,00mg*
Besilato de anlodipino6,935mg**
Excipientes q.s.p1 comprimido***

*Correspondente a 4,756mg de perindopril.
**Correspondente a 5mg de anlodipino

Cada comprimido de Acertanlo 14mg/10mg contém:

Perindopril arginina14,00mg*
Besilato de anlodipino13,870mg**
Excipientes q.s.p1 comprimido***

*Correspondente a 9,512mg de perindopril.
**Correspondente a 10mg de anlodipino.
***Excipientes: lactose monoidratada, dióxido de silício, estearato de magnésio e celulose microcristalina.

O dessecante está presente na tampa do frasco.

Se você tomar uma quantidade maior de Acertanlo, fale imediatamente com seu médico ou procure o departamento de emergência mais próximo. O efeito adverso mais comum em caso de overdose é hipotensão, que pode fazer você sentir tonturas ou desmaios. Se isso ocorrer, coloque o paciente deitado com as pernas elevadas, pode ajudar.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Informe seu médico ou farmacêutico se você está fazendo uso, se utilizou recentemente ou se vier a tomar outros medicamentos.

Você deve evitar este medicamento com:

  • Lítio (usado no tratamento de doenças psiquiátricas como mania ou depressão);
  • Estramustina (usado na terapia do câncer);
  • Medicamentos poupadores de potássio (por exemplo, triantereno, amilorida), suplementos de potássio ou substitutos do sal contendo potássio;
  • Alisquireno (usado no tratamento da hipertensão arterial),(veja também item 3. Quando não devo usar este medicamento e item 4. O que devo saber antes de usar esse medicamento)
  • Nloqueadores de receptor de angiotensina II (usado no tratamento da hipertensão arterial) (por exemplo valsartana, telmisartana e irbesartana);
  • Dantrolene (infusão) (utilizado para tratar a rigidez muscular em doenças como esclerose múltipla ou para tratar a hipertermia maligna durante a anestesia, sintomas incluindo febre muito alta e rigidez muscular);

O tratamento com este mediamento pode ser afetado por outros medicamentos. Certifique-se de informar o seu médico se estiver tomando algum dos seguintes medicamentos, pois cuidados especiais podem ser necessários com:

  • Outros medicamentos para hipertensão arterial, incluindo diuréticos (medicamentos que aumentam a produção de urina pelos rins);
  • Medicamento anti-inflamatório não-esteroidal (por exemplo, ibuprofeno) para alívio da dor ou alta dose de aspirina;
  • Medicamento para diabetes (tais como insulina, gliptinas);
  • Medicamentos para tratar transtornos mentais tais como depressão, ansiedade, esquizofrenia (por exemplo, antidepressivos tricíclicos, antipsicóticos, antidepressivos tipo imipramina, neurolépticos),
  • Imunossupressores (medicamentos que reduzem o mecanismo de defesa do organismo) usado para o tratamento de doenças auto-imune ou após cirurgias de transplante (por exemplo ciclosporina, tacrolimus);
  • Alopurinol (para o tratamento da gota);
  • Procainamida (para o tratamento do batimento irregular do coração);
  • Vasodilatadores incluindo nitratos (produtos que ampliam os vasos sanguíneos);
  • Heparina (medicamentos usados para afinar o sangue);
  • Efedrina, noradrenalina ou adrenalina (medicamentos usados no tratamento da pressão arterial baixa, choque e asma);
  • Baclofeno usado no tratamento de doenças de rigidez muscular, tais como esclerose múltipla;
  • Alguns antibióticos tais como rifampicina, eritromicina, claritromicina;
  • Agentes antiepiléticos tais como carbamazepina, fenobarbital, fenitoína, fosfenitoina, primidona;
  • Itraconazol, cetoconazol (medicamentos utilizados para o tratamento de infecção fúngica);
  • Alfa-bloqueadores usados no tratamento do aumento da próstata, tais como a prazosina, alfuzosina, doxazosina, tansulosina, terazosina;
  • Amifostina (usada na prevenção ou redução de efeitos adversos causados por outros medicamentos ou terapia com radiação que são usadas no tratamento de câncer);
  • Corticosteróides (usado no tratamento de várias condições incluindo asma severa e artrite reumatoide);
  • Sais de ouro, especialmente com administração intravenosa (usado no tratamento dos sintomas da artrite reumatoide);
  • Ritonavir, indinavir, nelfinavir (chamados inibidores da protease, usados para o tratamento de HIV);
  • Poupadores de potássio drogas utilizadas no tratamento de insuficiência cardíaca: eplerenona e espironolactona, em doses entre 12.5 mg a 50 mg por dia;
  • Trimetoprima (para o tratamento de infecções);
  • Estramustina (usado na terapia do câncer);
  • Hypericum perforatum (Erva de São João, um medicamento à base de plantas utilizado para tratar a depressão);
  • Sinvastatina (um medicamento redutor do colesterol)

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista, se você está fazendo uso de algum outro medicamento. Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

Suco de toranja e toranja (grapefruit) não devem ser consumidos por pessoas que estão tomando este medicamento, pois podem conduzir a um aumento nos níveis sanguíneos do ingrediente ativo anlodipino, o que pode causar um aumento imprevisível no efeito de redução da pressão arterial deste medicamento.

Acertanlo deve ser guardado na sua embalagem original, em temperatura ambiente (entre 15 e 30oC) e protegido da luz e umidade. Nestas condições, este medicamento possui prazo de validade de 24 (vinte e quatro) meses, a partir da data de fabricação.

Número do lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Embalagens contendo 10 comprimidos: Após aberto, válido por 10 dias.

Embalagens contendo 30 comprimidos: Após aberto, válido por 30 dias.

Características Físicas e Organolépticas

Acertanlo 3,5mg/2,5mg

Aapresenta-se sob forma de comprimidos redondos brancos.

Acertanlo 7mg/5mg

Apresenta-se sob forma de compridos redondos brancos, gravados comem uma face.

Acertanlo 14mg/10mg

Apresenta-se sob forma de comprimidos redondos brancos, gravados com 14/10 em uma face ena outra.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

MS No 1.1278.0075

Farm. Responsável:
Patrícia Kasesky de Avellar
CRF-RJ n.o 6350

Fabricado por:
Servier (Ireland) Industries Ltd
Moneylands, Gorey Road, Arklow, Co. Wicklow - Irlanda

Embalado por:
Servier (Ireland) Industries Ltd
Moneylands, Gorey Road, Arklow, Co. Wicklow – Irlanda

Ou

Embalado por:
Laboratórios Servier do Brasil Ltda
Estrada dos Bandeirantes, n.o 4211 - Jacarepaguá - 22775-113
Rio de Janeiro - RJ - Indústria Brasileira
C.N.P.J. 42.374.207 / 0001 – 76

Importado e registrado por:
Laboratórios Servier do Brasil Ltda
Estrada dos Bandeirantes, n.o 4211 - Jacarepaguá - 22775-113
Rio de Janeiro - RJ - Indústria Brasileira
C.N.P.J. 42.374.207 / 0001 – 76

Venda sob prescrição médica.

*Não use medicamentos sem o conhecimento do seu médico, pode ser perigoso para a sua saúde.
*As informações aqui divulgadas não deverão ser utilizadas como substituto de prescrição médica para o tratamento de qualquer doença.