Acarsan Icone para ediçãoIcone de Enomear Icone de Excluir

Indicação

Para que serve?

Acarsan é indicado para o tratamento dos piolhos, chatos e sarna.

Uso Tópico - Uso adulto e Pediátrico

Contraindicações

Quando não devo usar?

A administração de Acarsan é contraindicada em pacientes com alergia ao Benzoato de Benzila ou a outros componentes da fórmula, em animais domésticos e em pele com escoriações, cortes, queimaduras ou feridas abertas ou condições que possibilitem maior absorção.

Posologia

Como usar?

Antes de administrar Acarsan em crianças com idade superior a 2 anos, o medicamento deve ser diluído do seguinte modo: diluir uma parte de Acarsan em uma parte de água igual, por exemplo, utilizar 20 ml de Acarsan e 20 ml de água. Para crianças com idade inferior a 2 anos de idade, o medicamento deve ser diluído em 2 ou 3 partes de água antes de ser administrado, por exemplo usar 20 ml de Acarsan e diluir em 40 ml ou 60 ml de água. Em adultos não é necessária a diluição do medicamento.

Para o tratamento dos piolhos, Acarsan deve ser aplicado no couro cabeludo seco e outras partes afetadas, friccionando levemente e deixando agir até ao próximo banho, ou durante um tempo máximo de 24 horas. Esta aplicação deve ser feita durante 3 dias consecutivos, e para o caso de lêndeas, é aconselhado que após o banho seja aplicada uma mistura de água com vinagre em parte iguais, por exemplo, 20 ml vinagre diluídos em 20 ml de água, nas zonas a tratar, penteando em seguida os fios.

Para o tratamento da sarna ou do chato, antes da aplicação de Acarsan é recomendado que tome um banho quente e que esfregue bem a pele com sabonete neutro. Depois de secar o corpo, Acarsan deve ser aplicado nas zonas a tratar, regiões interdigitais, axilas, abdômen, glúteos, região posterior às orelhas e região púbica. Devem se aplicadas duas camadas de Acarsan, e o medicamento deve agir de 12 a 24 horas, sendo recomendado que tome em banho a seguir. A aplicação de Acarsan deve ser repetida durante 3 noites consecutivas, e novamente após uma semana de intervalo entre aplicações.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Alguns dos efeitos colaterais de Acarsan podem incluir sensação de ardor durante a aplicação na pele e couro cabeludo, irritação dos olhos, mucosas e pele, coceira acompanhada de vermelhidão generalizada da pele e desconforto cutâneo, inchaço nas mucosas dos lábios, olhos, boca e garganta, agitação, vertigem, dor de cabeça, náuseas, vômitos, diarreia, falta de ar, coloração azulada da pele, circulação do sangue prejudicada, alergias e vermelhidão da pele e palpitações.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

Antes de iniciar o tratamento com Acarsan, deverá falar com o seu médico se estiver grávida ou amamentando, se estiver a tomar outros medicamentos ou se tiver alergias na pele.

Acarsan é um medicamento apenas para uso tópico, externo, e o seu contacto com olhos, rosto e mucosas deve ser evitado.

Uma vez que Acarsan é indicado para casos de sarna, piolhos e chatos, devem ser mantidas algumas normas de higiene para evitar contaminações ou mesmo reinfestações, como: ferver a roupa da cama, manter as unhas curtas e limpas e os cabelos também em caso de piolhos, evitar coçar e colocar luvas nas crianças, procurar descobrir possíveis portadores e possíveis contatos com eles e seus objetos de uso, alertar os responsáveis pelas instituições coletivas frequentadas pelo portador do parasita e tratar as pessoas de mesmo convívio.

O tratamento com Acarsan não deve ser interrompido sem conhecimento do seu médico e os horários, as doses e duração do tratamento devem ser respeitados.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

Em caso de aplicação excessiva de Acarsan, não existem quase riscos de intoxicação, no entanto podem ocorrer reações de hipersensibilidade. Em caso de ingestão acidental, deve-se induzir o vômito e dirigir-se ao hospital mais próximo, levando a bula do medicamento.

Composição

Cada 1 ml Acarsan contém:

Benzoato de Benzila _____________________________ 0,25 g
Veículo q.s.p. ____________________________________ 1 mL

(Veículos: Ácido Esteárico, Água Deionizada, Trolamina, Silicone, Essência de Rosas, Essência de Lavanda).

Interações Medicamentosas

Não é recomendado utilizar Acarsan juntamente com outras substâncias que causem irritação na pele, como o ácido salicílico ou a hidroquinona.

Mecanismo de Ação

Como funciona?

Acarsan é um medicamento que tem na sua composição a substância Benzoato de Benzila, um agente acaricida de ação desconhecida. O Benzoato de Benzila é eficaz no tratamento da escabiose, ftiríase e pediculose. O Acarsan é um medicamento pouco tóxico e sua absorção percutânea é mínima, não se detectando efeitos sistêmicos após aplicação tópica.

Laboratório

Biosintética Farmacêutica Ltda.

SAC: 0800-7016900 

Dizeres Legais:

MS: 1.1213.0001
Farm. Resp.: Alberto Jorge Garcia Guimarães

*Não use medicamentos sem o conhecimento do seu médico, pode ser perigoso para a sua saúde.
*As informações aqui divulgadas não deverão ser utilizadas como substituto de prescrição médica para o tratamento de qualquer doença.