Transtorno de personalidade Icone para edição

Os transtornos de personalidade são um grupo de doenças psiquiátricas em que os traços emocionais e comportamentais de um indivíduo são muito inflexíveis e mal ajustados. Esses distúrbios comprometem seriamente a qualidade de vida dos pacientes, que sentem enorme dificuldade em adaptar-se a determinadas situações e que, por isso, causam sofrimento e incômodo a eles próprios e aos que estão por perto.

Tipos:

Existem diversos tipos diferentes de transtornos de personalidade. Conheça os principais:

  • Transtorno de personalidade antissocial
  • Transtorno de personalidade dependente
  • Transtorno de personalidade esquiva (ou de isolamento)
  • Transtorno de personalidade esquizoide
  • Transtorno de personalidade esquizotípica
  • Transtorno de personalidade histriônica
  • Transtorno de personalidade limítrofe (Borderline)
  • Transtorno de personalidade narcisista
  • Transtorno de personalidade obsessivo-compulsiva
  • Transtorno de personalidade paranoide

Sintomas:

Os sinais e sintomas variam muito de acordo com o tipo de transtorno de personalidade. No entanto, todos eles têm alguns pontos em comum. Em geral, os transtornos de personalidade constituem um padrão de sentimentos, pensamentos e comportamentos que não se adaptam a situações diversas. Esse padrão geralmente começa na adolescência e pode causar inúmeros problemas em situações sociais e profissionais.

A gravidade dessas doenças e a intensidade dos sintomas variam muito também de acordo com o transtorno de personalidade em questão.

Diagnóstico:

Para diagnosticar o paciente com algum transtorno de personalidade, o especialista realiza uma avaliação mental e analisa o histórico médico e a gravidade dos sintomas do paciente.

Tratamento:

A psicoterapia, aliada ao tratamento medicamentoso, tem sido a principal opção para médicos e pacientes. No entanto, apesar de o foco do tratamento ser basicamente o mesmo (amenizar e controlar os sintomas), a abordagem tende a ser diferente para cada tipo de transtorno de personalidade.

As pessoas doentes não costumam buscar ajuda médica por conta própria. Elas tendem a fazê-lo quando a doença já causou grandes problemas a suas vidas, tanto para os relacionamentos quanto ao emprego e em outros círculos sociais.

Complicações:

A principal complicação decorrente dos transtornos de personalidade é o comprometimento grave da qualidade de vida do indivíduo, que passa a ter problemas em suas relações, na carreira profissional e em outros círculos sociais.

Além disso, pessoas com algum transtorno psiquiátrico são mais propensas a adquirir outros.

Prevenção:

Não há formas conhecidas de se prevenir um transtorno de personalidade.

Ministério da Saúde

Psych Central

Royal College of Psychiatrists

*As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo.
*Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos do profissional da saúde.