Tendinite do manguito rotador Icone para edição

Tendinite do manguito rotador é uma lesão nos tendões que fazem parte de um grupo de quatro músculos localizados no ombro, que ajudam a estabilizá-lo. O manguito rotador é um grupo muscular que trabalha, por exemplo, quando você ergue os braços sobre a cabeça ou puxam um item em sua direção.

Na tendinite do manguito rotador os tendões que se localizam nesse grupo muscular se tornam inflamados. Tendões são estruturas fibrosas, como uma corda, que unem o músculo ao osso.

Sintomas:

Em geral, pessoas com tendinite do manguito rotador apresentam como sintomas:

  • Dor nos ombros, principalmente a noite
  • Dor e sensibilidade ao tentar alcançar algo acima da cabeça ou nas costas
  • Dificuldade em atingir todos os movimentos dos ombros
  • Dificuldade de dormir sobre o ombro afetado
  • Fraqueza progressiva dos ombros
  • Evitar certas atividades por causa da dor
  • Em muitos casos pode haver inchaço local e presença de calor e/ou vermelhidão.

Diagnóstico:

A tendinite do manguito rotador é geralmente diagnosticada por meio da história que o paciente contar ao médico e pelo exame físico. O médico buscará por sinais de dor e sensibilidade nos locais indicados pelo paciente, além de testar os movimentos que ele consegue fazer com os braços e ombros.

Pode ser, no entanto, que o médico solicite algum exame de imagem que julgar apropriado para certificar-se do diagnóstico, avaliar o grau de inflamação e, também, para eliminar outras possíveis causas de dor.

Tratamento:

O tratamento é dividido em:

  • Repouso do tendão afetado (tipoia para o ombro, tala para o punho, etc). O tempo de repouso deve ser determinado pelo médico – períodos de repouso prolongados podem acarretar aderências e atrofia muscular e são prejudiciais
  • Aplicação cuidadosa de gelo para diminuir a inflamação
  • Eventuais medicamentos anti-inflamatórios prescritos pelo seu médico
  • Acupuntura
  • Fisioterapia para analgesia (ultrassom, laser, massagem miofacial, entre outras).
  • Correções da postura e melhoria da ergonomia no trabalho
  • Alongamento dos músculos envolvidos
  • Fortalecimento muscular
  • Respeitar o aviso da dor
  • Mudanças de hábitos - adotar pausas durante o trabalho.

Em alguns casos selecionados, quando o tratamento conservador falhar, pode ser necessário realizar um procedimento cirúrgico; seja para descomprimir um tendão apertado, liberar aderências e limpar inflamações ao redor do tendão, como ressecar fibrose ou calcificações dentro do tendão ou ter que costurá-lo para corrigir uma lesão.

Prognóstico:

Algumas mudanças de estilo de vida são importantes após o diagnóstico da tendinite do manguito rotador. Não só para o tratamento como também para a prevenção de novos problemas no futuro.

Repouso e imobilização dos tendões afetados são medidas úteis para a recuperação. Pode-se conseguir isso utilizando uma tala ou um suporte removível. A aplicação de calor ou frio na área afetada também pode ajudar.

Mas atenção: apesar de repouso ser uma das medidas mais recomendadas por médico, passar muito tempo sem exercitar o local de inflamação pode agravar a tendinite. Por isso, é importante manter o repouso no início do tratamento, mas, depois, procure acrescentar alguns exercícios leves à sua rotina para alongar e fortalecer o músculo.

Aprender a se movimentar de forma menos agressiva aos tendões também é importante, principalmente para pessoas que trabalham usando os ombros, como pintores, carpinteiros e alguns atletas.

Prevenção:

Alongamentos e exercícios de fortalecimento dos ombros são fundamentais para o fortalecimento dessas estruturas e para prevenir a tendinite do manguito rotador.

Eduardo Pereira, ortopedista cirurgião de mão do Hospital Israelita Albert Einsten - CRM: 138794

Ministério da Saúde

Sociedade Brasileira de Ortopedia

Mayo Clinic

Manual Merck

*As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo.
*Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos do profissional da saúde.