Taquipneia Icone para edição

O que é Taquipneia?

A taquipneia é o termo médico usado para designar “respiração acelerada”, que pode ser causada por diversos motivos, entre eles uma doença pulmonar, por exemplo.

Em média, pessoas adultas completam cerca de 12 a 20 ciclos respiratórios por minuto, ou seja, inspiram e expiram de 12 a 20 vezes por minuto. Frequências respiratórias acima deste padrão podem ser consideradas quadros de taquipneia – a depender muito dos motivos que estejam provocando esse sintoma.

Já os bebês possuem uma respiração naturalmente mais acelerada, dependendo muito da idade. Recém-nascidos, por exemplo, podem apresentar uma frequência respiratória de aproximadamente 60 ciclos por minuto. Esses casos são chamados pelos médicos de taquipneia transitória. Depois, a respiração tende a diminuir até entrar nos padrões adultos.

Causas

A taquipneia pode ter causas tanto patológicas quanto fisiológicas. Veja uma lista com as causas mais comuns deste problema:

  • Excesso de exercícios físicos
  • Gravidez
  • Asma
  • Bronquite
  • Pneumonia
  • Enfisema pulmonar
  • Edema pulmonar
  • Asfixia
  • Doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC)
  • Insuficiência cardíaca
  • Bronquiolite
  • Estresse
  • Ansiedade
  • Peritonite
  • Miastenia gravis
  • Síndrome de Guillain-Barré
  • Síndrome do desconforto respiratório agudo
  • Síndrome do pânico

Buscando ajuda médica

Você deve agendar uma consulta médica se notar que você ou seu filho está com a respiração mais rápida que o normal, principalmente se você ou ele já tenham sido diagnosticados com alguma doença pulmonar.

Preste atenção na continuidade do sintoma. A taquipneia é comum, mas por breves períodos, como após atividade física intensa, por exemplo. A ajuda de um médico deve ser considerada se o sintoma não passar espontaneamente após o repouso e se ele vier acompanhado de outros sinais, como dor no peito, febre, respiração difícil e mudanças na cor da pele.

Na consulta médica

Especialistas que podem diagnosticar taquipneia estão:

  • Clínico geral
  • Pneumologista
  • Cardiologista

Estar preparado para a consulta pode facilitar o diagnóstico e otimizar o tempo. Dessa forma, você já pode chegar à consulta com algumas informações:

  • Uma lista com todos os sintomas e há quanto tempo eles apareceram
  • Histórico médico, incluindo outras condições que o paciente tenha e medicamentos ou suplementos que ele tome com regularidade

O médico provavelmente fará uma série de perguntas, tais como:

  • Quando você notou a respiração acelerada?
  • A respiração volta ao normal depois de um tempo?
  • Quanto tempo a respiração demora a voltar ao normal?
  • Você ou seu filho apresentaram outros sintomas? Quais?
  • Você ou seu filho já foram diagnosticados com alguma doença pulmonar? Qual?
  • Você sente dor no peito?
  • Você fuma?
  • Você praticamente exercícios físicos regularmente?
  • Como é sua alimentação?
  • Você ou seu filho têm algum tipo de problema cardíaco ou respiratório?
  • O padrão de frequência respiratória de seu filho tem melhorado com o passar do tempo?

Convivendo/ Prognóstico

A respiração acelerada, se não passar após um determinado período, não deve ser tratada em casa. Nestes casos, procure ajuda médica emergencial.

No entanto, se a taquipneia for um problema recorrente, que passa com a ajuda de medicamentos já prescritos pelos médicos, não precisa se alarmar. Para evitar complicações, tome seus remédios conforme indicado pelo especialista.

Ministério da Saúde

Sociedade Brasileira de Pneumologia

Biblioteca Nacional de Medicina (EUA)

*As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo.
*Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos do profissional da saúde.