Sonolência Icone para edição

Sonolência, ou hipersonia, é uma condição em que o paciente sente muito sono durante o dia – e às vezes acaba dormindo – ou tem um sono prolongado durante a noite.

Cada pessoa precisa de uma quantidade específica de horas de sono para se sentir bem. Alguns precisam dormir por nove horas, enquanto outros funcionam perfeitamente dormindo apenas sete horas por noite ou até menos. Contudo, deve-se investigar distúrbios do sono quando o paciente dorme mais de 10 horas por dia e ainda sente-se cansado.

Pessoas com hipersonia têm muita dificuldade em realizar atividades básicas durante o dia, pois estão frequentemente, ou sempre, cansadas. Elas também podem estar mais propensas a sofrerem e/ou causarem acidentes por causa da debilitação que a sonolência causa, principalmente se trabalharem operando máquinas.

É importante ressaltar que sonolência não é narcolepsia, doença que faz com que a pessoa durma de forma inesperada e incontrolável. Pacientes com sonolência podem permanecer acordados, mas se sentem extremamente fatigados.

Tipos:

Existem dois tipos de sonolência, a primária e a secundária. A primária acontece sem nenhuma outra condição médica envolvida, apenas o excesso de fadiga. Já a segunda é ocasionada por alguma doença, como apneia do sono, doença de Parkinson, insuficiência renal, síndrome da fadiga crônica, entre outros.

Prevenção:

Para prevenir distúrbios do sono, como a sonolência, recomenda-se que o paciente tenha uma vida saudável, que inclui:

Instituto do Sono

Fundação Nacional Americana do Sono

Medicine Health

Healthline

*As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo.
*Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos do profissional da saúde.