Síndrome de Sjogren Icone para edição

A Síndrome de Sjögren é uma doença autoimune que afeta as glândulas produtoras de lágrimas e saliva, causando olho e boca seca. A doença pode, ainda, afetar outras partes do corpo, podendo causar problemas também aos rins e aos pulmões, por exemplo.

Tipos:

Existem dois tipos possíveis para a Síndrome de Sjögren:

Sintomas:

Os dois principais sintomas da Síndrome de Sjögren são:

No entanto, dependendo do caso, um paciente diagnosticado com a síndrome de Sjögren também pode apresentar:

Diagnóstico:

Os sinais e sintomas da Síndrome de Sjögren costumam variar de pessoa para pessoa e são muito semelhantes aos causados por outras doenças e a alguns efeitos colaterais provocados por medicamentos.

Existe uma variedade considerável de exames que pode ajudar a diagnosticar a síndrome por critério de exclusão:

Tratamento:

O tratamento para a Síndrome de Sjögren pode, muitas vezes, ser feito em casa, por meio da ingestão abundante de água e do uso de medicamentos vendidos sem necessidade de prescrição médica. No entanto, alguns casos podem exigir alguns remédios prescritos ou até mesmo cirurgia.

Dependendo dos sintomas, o médico pode prescrever medicamentos que ajudem a aumentar a produção de saliva e lágrimas. Os efeitos colaterais, por outro lado, incluem sudorese, dor abdominal, rubor no rosto e aumento da frequência urinária. Além disso, se houver complicações decorrentes da síndrome, como artrite, o médico poderá recomendar o uso de anti-inflamatórios.

Para aliviar a secura nos olhos, o paciente pode ter de passar por um pequeno procedimento cirúrgico para selar os canais lacrimais que drenam as lágrimas de seus olhos.

Prognóstico:

Muitos sintomas da síndrome de Sjögren respondem bem ao tratamento caseiro. Veja quais medidas adotar para aliviá-los:

Você pode fazer uso de lágrimas artificiais, de um lubrificante ocular ou, ainda, de ambos. Lágrimas artificiais (em forma de colírio) e lubrificantes oculares (também em colírio ou ainda em gel ou pomada) ajudam a aliviar o desconforto causado pelos olhos secos.

Além disso, procure manter a umidade do ar. Quanto menos seco estiver o ar em que você está, melhor para seus olhos.

Aumente a sua ingestão de líquidos, especialmente água. Beber muito líquido ajuda a manter a boca hidratada. Além disso, você pode, também, estimular o fluxo de saliva. Como? Pastilhas e balas mais duras podem ajudar. Como a síndrome de Sjögren aumenta o risco de cáries dentárias (como decorrência da boca seca), evite consumir quantidades exageradas de açúcar - principalmente entre as refeições. Além das pastilhas e balas, suco de limão também ajuda na produção de saliva.

Salivas artificiais contém um lubrificante que mantém a boca úmida e hidratada por mais tempo, ajudando a reduzir e aliviar os sintomas. A saliva artificial pode ser encontrada tanto em forma de spray como em pastilhas também.

Evite água muito quente durante o banho. Depois do banho, seque sua pele suavemente com uma toalha macia e aplique creme hidrante enquanto a pele ainda estiver úmida. Para tratar a secura das mãos, você pode usar tanto hidrantes no seu dia a dia quanto luvas, principalmente quando dor lavar a louça ou limpar a casa.

Complicações:

As complicações mais comuns causadas pela Síndrome de Sjögren incluem:

Já as complicações menos frequentes podem afetar:

A síndrome, se não for devidamente tratada, pode causar pneumonia, bronquite e outros problemas pulmonares, além de comprometer a função renal e poder causar hepatite ou cirrose no fígado.

Uma pequena porcentagem de pessoas com síndrome de Sjögren desenvolvem câncer dos gânglios linfáticos (linfoma).

Um paciente com síndrome de Sjögren pode desenvolver dormência, formigamento e queimação nas mãos e pés, bem como neuropatia periférica.

Além disso, pelo fato de os pacientes com Síndrome de Sjögren terem uma vivência crônica de secura dos olhos e da boca, bem como de outras partes do corpo, eles também podem apresentar dificuldade de chorar. Isso pode afetar a capacidade de expressar suas emoções e, muitas vezes, só podem se valer de palavras e expressões para externarem o que sentem, em vez de lágrimas.

Síndrome de Sjogren tem cura?

A Síndrome de Sjögren não representa risco iminente de vida, mas certamente provoca profundas alterações na vida do paciente.

Com uma conduta terapêutica apropriada, a qualidade de vida pode ser melhorada. Como a doença não tem cura, o diagnóstico e a intervenção precoces podem afetar o curso da doença. O tratamento dependerá dos sintomas e do seu grau de severidade.

Prevenção:

Não existem formas conhecidas ou possíveis de se prevenir a síndrome de Sjögren.

*As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo.
*Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos do profissional da saúde.