Secreção nasal Icone para edição

Sinônimos

Catarro, muco nasal.

Cuidados

A melhor forma para eliminar o catarro quando há um quadro clínico envolvido é por meio da tosse e expectoração, mas nunca forçar. Esse esforço pode gerar dor muscular, vômitos, rompimento de pequenos vasos nas vias aéreas e, em casos extremos, até fratura de arcos costais. Para catarros muito espessos e difíceis de ser eliminados, o ideal é prosseguir com o tratamento indicado pelo médico e beber muita água para ajudar na diluição do muco e facilitar sua eliminação. Se o catarro não for expelido das vias aéreas, pode haver acúmulo e entupimento de determinados brônquios, além de favorecer a proliferação de bactérias, pois pode servir como meio de cultura. O muco não eliminado pode gerar problemas como sinusite e rinite crônicas.

Caso a pessoa tenha uma produção de catarro crônica, o ideal é procurar ajuda médica e seguir as instruções para sua eliminação. Geralmente, o muco excessivo está relacionado a alguma condição de saúde, que pode ser branda ou grave - mas em todos os casos deve ser investigada.

Remédios:

Os medicamentos indicados para tratar a secreção nasal são:

  • Desloratadina.

Ciro Kirchenchtejn, pneumologista do Hospital Alemão Oswaldo Cruz – CRM SP 50579

Carla Valeri, pneumologista do Hospital Moriah – CRM SP 93841

*As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo.
*Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos do profissional da saúde.