Palidez Icone para edição

Palidez é a perda de coloração da pele, que pode ocorrer quando o corpo está com falta de sangue (vasoconstrição) ou por uma diminuição de glóbulos vermelhos no sangue (anemia), e assim, a pele perde sua coloração. Com a correria da rotina, a falta de tempo para se alimentar adequadamente, as mudanças repentinas de temperatura e problemas de saúde podem refletir na pele, ocasionando a palidez.

Os sintomas variam de acordo com a causa da palidez. Por exemplo, quando uma pessoa sofre um infarto do miocárdio ocorre uma queda na pressão arterial e, com isso, os vasos sanguíneos periféricos se estreitam, o que deixa a pele pálida. Sendo assim, o paciente apresenta sudorese por todo o corpo, além de dores no tórax, ombros, costas e até na mandíbula.

Em outro caso, por exemplo, quando a palidez aparece em quadros de infecções bacterianas (aparelhos urinário, respiratório ou intestinal) diversos sintomas podem acompanhar a palidez, como a diminuição da pressão arterial e mal estar intenso. Além disso, pessoas com índice elevado de estresse podem ter gastrite ou úlcera, que em casos graves, ocasionam sangramentos e provocam palidez. Já nos anêmicos, o cansaço agudo é uma queixa bem frequente, seguida de falta de apetite e fraqueza. Por isso, é relativo especificar os sintomas mais comuns da palidez, já que em cada doença, a mesma pode estar associada com diversos sinais diferentes. Assim como dizer quais os sintomas menos comuns.

A palidez, em geral, afeta o corpo como um todo e é vista mais facilmente no rosto, revestimento dos olhos, parte interna da boca e unhas. Todavia, a palidez pode ser localizada, e afetar apenas um membro.

Diagnóstico:

Diante de um paciente com palidez cutânea que reclama de fraqueza, por exemplo, o médico pede um hemograma que confirma o diagnóstico clínico de anemia. Cada paciente irá apresentar sintomas diferentes, e logo, isso exige exames diferenciados e específicos.

Os exames mais comuns de imediato para diagnóstico da causa da palidez são arteriografia de extremidades, CBC (Hemograma Completo) e diferencial sanguíneo, mas cada caso é um caso.

Dra Angélica Pimenta, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia (SBLMC) (CRM: 120.847)

*As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo.
*Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos do profissional da saúde.