Impetigo Icone para edição

Impetigo é uma infecção bacteriana comum que atinge as camadas superficiais da pele.

Sintomas:

Os principais sinais e sintomas de impetigo são:

  • Uma ou mais pústulas com pus que facilmente estouram. Em crianças, a pele é avermelhada com aspecto machucado, principalmente onde houve rompimento da pústula
  • Pústulas que coçam, preenchidas com um líquido amarelado
  • Vazamento de pus e formação de crostas
  • Erupções cutâneas que pode começar com um único ponto, mas espalhar-se para outras áreas conforme a pessoa coça
  • Lesões de pele no rosto, lábios, braços ou pernas, que se espalham para outras áreas do corpo
  • Nódulos linfáticos inchados próximos ao local de infecção.

Diagnóstico:

Os médicos costumam diagnosticar impetigo por meio da observação clínica, dando especial atenção às feridas presentes na pele. Normalmente, testes de laboratório não são necessários para confirmar o diagnóstico.

Mas, caso as feridas não melhorem com o tratamento, o médico deverá avaliar se as terapias utilizadas estão sendo seguidas e realizadas corretamente pelo paciente.

Tratamento:

Os antibióticos são a principal forma de tratamento do impetigo. Eles podem ser aplicados diretamente nas feridas por meio de creme ou pomada, ou também podem ser ministrados oralmente, em doses pré-definidas pelo especialista.

Atenção: certifique-se de tomar os antibióticos até o final do prazo estabelecido pelo médico, mesmo que as feridas já estejam curadas. Isso ajuda a evitar resistência bacteriana.

Complicações:

Impetigo pode levar a algumas complicações, como o surgimento de manchas escuras após a inflamação e, em alguns casos, doenças fora da pele.

Impetigo tem cura?

As lesões do impetigo curam-se lentamente, mas as taxas de cura são altas - desde que o paciente siga as orientações médicas corretamente. Cicatrizes são raras. A reinfecção, no entanto, é comum em crianças.

Prevenção:

Previna a propagação da infecção:

  • Se você tem impetigo, use sempre uma esponja e uma toalha limpa. Troque-as todos os dias, se necessário for
  • Não compartilhe toalhas, roupas, lâminas de barbear ou outros produtos de cuidado pessoal com outros membros da família
  • Lave suas mãos frequentemente após tocar a pele infectada
  • Mantenha a pele limpa para evitar o contágio da infecção. Limpe bem pequenos cortes e escoriações com sabão e água limpa.

Ministério da Saúde

Sociedade Brasileira de Dermatologia

*As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo.
*Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos do profissional da saúde.