Gangrena Icone para edição

O que é Gangrena?

Gangrena é a morte de um tecido do corpo devido à insuficiência de irrigação sanguínea em uma determinada região ou à uma infecção bacteriana. A doença é mais comum nas extremidades do corpo, incluindo pés, dedos, braços e pernas, mas também pode ocorrer em músculos e órgãos internos.

Causas

A gangrena pode acontecer por falhas no abastecimento de sangue em certas regiões do corpo, fazendo com que as células não consigam sobreviver e o tecido morra, e/ou por uma infecção bacteriana.

Sintomas de Gangrena

Quando a gangrena afeta a sua pele, os sinais e sintomas podem incluir:


Se a gangrena está afetando os tecidos internos do corpo, os sintomas são:


Pode acontecer um choque séptico se uma infecção bacteriana originada no tecido com gangrena se espalhar pelo corpo.

Diagnóstico de Gangrena

Além do exame clínico, os testes para identificar a gangrena e classificá-la incluem:


Tratamento de Gangrena

O tecido que foi danificado pela gangrena não pode ser salvo, ele precisa ser removido cirurgicamente, mas alguns tratamentos podem impedir que ela continue se espalhando. Entre eles:


Tipos

Há dois tipos principais de gangrena, a seca e a úmida. Elas se diferem da seguinte maneira:


Complicações possíveis

Gangrena pode gerar cicatrizes, necessidade de cirurgia reconstrutiva ou até de amputação, caso a região atingida seja grande. Além disso, se a gangrena for infectada por uma bactéria, ela pode se espalhar rapidamente para os outros órgãos do corpo, o que é fatal se não tratada rapidamente.

Convivendo/ Prognóstico

Pacientes com gangrena seca no geral vivem normalmente se não desenvolverem o mesmo tipo da doença novamente, mas, pessoas com outras doenças pré-existentes, como diabetes, podem acabar desenvolvendo gangrena de novo. Normalmente os pacientes se recuperam com mínimas sequelas se a parda de tecido é pequena.

Pacientes com gangrena úmida normalmente têm mais dificuldade, uma vez que mesmo com o tratamento iniciado rapidamente pode ser necessário realizar uma cirurgia de amputação do local. Estudos preliminares nos Estados Unidos mostram que os casos de morte por gangrena têm se mantido estáveis, mas que o número de pacientes aumentou nos últimos anos. Eles acreditam, mesmo sendo prematuro informar, que isso pode ser devido ao aumento de doenças como diabetes e outras que interferem na condição vascular do paciente.

Prevenção

A prevenção contra gangrena inclui:


Fatores de risco

As pessoas com maior risco de desenvolver gangrena são aquelas com doenças que afetam os vasos sanguíneos e o fluxo de sangue, como o diabetes e aterosclerose. Além destes, pessoas com as seguintes condições são mais propensas a desenvolver gangrena:


Centro de Medicina e Oxigenoterapia Hiperbárica

Mayo Clinic

Gangrena tem cura?

As expectativas são melhores se a gangrena for descoberta cedo e tratada rapidamente. Quanto mais tempo se passar sem ser identificada, ou demorar para iniciar o tratamento, mais difícil será para o paciente.

Geralmente as pessoas com gangrena seca têm maior chance de uma recuperação completa, pois ela não envolve infecção bacteriana e se espalha mais lentamente do que outros tipos de gangrena. Contudo, mesmo outros tipos de gangrena têm boas expectativas se identificados e tratados rapidamente.

Na consulta médica

O clínico geral pode diagnosticar a doença, mas, dependendo do local, extensão e tratamento escolhido, outros profissionais também podem atuar contra os sintomas da doença.

Se você tiver tempo antes de ir à consulta, ou no caminho, poderá se preparar melhor para a conversa com o médico, o que facilitará no diagnóstico preciso e no tratamento.


As questões que o médico provavelmente fará ao paciente com suspeita de gangrena são:


Também facilitará e otimizará o tempo da consulta se você levar as suas dúvidas sobre a doença e/ou os sintomas já escritos para o consultório. Isso garantirá que ao término da consulta todas as suas questões estejam respondidas.

Buscando ajuda médica

Gangrena é uma situação grave e precisa de tratamento imediato. Contate o seu médico prontamente se você tem dores persistentes e inexplicáveis em qualquer parte do corpo juntamente com algum dos sintomas da doença, como alterações na cor e temperatura da pele, febre persistente, odores fétidos e/ou feridas, dor ao lado de uma cirurgia recente ou trauma. Dependendo da gravidade dos sintomas ele pode indicar que você procure um pronto socorro.

*As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo.
*Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos do profissional da saúde.