Febre reumática Icone para edição

A febre reumática, também chamada de reumatismo infeccioso, é uma doença inflamatória que se desenvolve após uma infecção anterior provocada pela bactéria do estreptococo.

A febre reumática pode afetar as articulações, a pele e até mesmo órgãos vitais, como o coração e o cérebro.

Sintomas:

Os sintomas da febre reumática costumam variar. Algumas pessoas podem apresentar vários sinais da doença, enquanto que outras podem manifestar poucos sintomas. Eles também podem mudar conforme o curso da doença. A febre reumática geralmente aparece cerca de duas a quatro semanas após a infecção estreptocócica.

Os principais sinais e sintomas da febre reumática podem incluir:

Diagnóstico:

O especialista fará o diagnóstico de febre reumática com base em um exame físico e testes específicos. No exame físico, o médico procurará sinais de inflamação nas articulações, medirá a febre e examinará a pele em busca de nódulos subcutâneos.

Entre os outros exames que o médico deverá solicitar estão:

Tratamento:

Os principais objetivos do tratamento para febre reumática visam destruir qualquer vestígio restante de bactérias estreptococos no organismo, bem como aliviar os sintomas, controlar a inflamação e prevenir episódios recorrentes de febre reumática.

O tratamento para febre reumática é feito basicamente por meio de medicamentos, que incluem:

Prognóstico:

O médico pode recomendar repouso e que as atividades sejam restringidas até que a inflamação, a dor e os outros sintomas causados pela febre reumática melhorem. Se a inflamação estiver presente em tecidos do coração, o especialista pode recomendar repouso absoluto durante algumas semanas. Dependendo do grau de inflamação, esse período pode se estender por ainda mais tempo.

Febre reumática tem cura?

A febre reumática pode reaparecer em pacientes que não seguirem à risca as orientações médicas e desobedecerem ao tratamento e o uso de antibióticos - especialmente durante os primeiros anos após o diagnóstico. As complicações decorrentes da doença podem ser graves, especialmente para as válvulas cardíacas.

Complicações:

A inflamação causada pela febre reumática pode durar de algumas semanas a vários meses. Em alguns casos, essa inflamação pode causar complicações no longo prazo.

A cardiopatia reumática diz respeito a danos permanentes ao coração e é uma das principais complicações decorrentes de febre reumática. Esse dano pode levar a outros problemas, como:

Entre outras possíveis complicações estão:

Prevenção:

A única maneira conhecida de se prevenir febre reumática é tratando infecções de garganta causadas pela bactéria do estreptococo.

*As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo.
*Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos do profissional da saúde.