Dor no lado esquerdo da barriga Icone para edição

O que é Dor no lado esquerdo da barriga?

Dor no lado esquerdo da barriga é um tipo de dor abdominal que pode ser sintoma de diversas condições de saúde, desde gases até condições crônicas, como a doença de Crohn e outras Doenças Inflamatórias Intestinais (DII).

As dores abdominais normalmente não apontam para um único órgão, podendo atingir uma grande variedade de locais dentro da barriga. Além disso, pode ser que o problema seja em uma região do abdômen e ela irradie para o lado esquerdo, fazendo a pessoa sentir uma dor mais forte neste local.

Justamente por isso o diagnóstico da causa da dor no lado esquerdo da barriga pode ser um desafio até para os médicos, então é importante que a pessoa não tente se autodiagnosticar, e sim procure atendimento para identificar a origem do problema - principalmente se apresentar febre, vômito ou fezes com sangue, dificuldade para respirar ou vômitos persistentes associados a esta dor.

Causas

São diversas as possíveis causas da dor no lado esquerdo da barriga - seja direta ou irradiada de outra parte da cavidade abdominal. As mais comuns são gases, indigestão e constipação (intestino preso).

Contudo, outras duas possíveis causas da dor nesta região são bastante preocupantes, a apendicite e a doença de Crohn. A apendicite é uma inflamação numa bolsa localizada no início do intestino grosso, que se não tratada com urgência pode estuporar e causar complicações como acúmulo de pus no abdômen.

Apesar do apêndice estar localizado na região direita inferior do abdômen - e frequentemente provocar dor no lado direito da barriga - é comum que ela seja irradiada para a região central ou até para o lado esquerdo da cavidade abdominal.

Já a doença de Crohn faz parte do grupo de enfermidades conhecidas como Doenças Inflamatórias Intestinais (DII). Ela é um problema crônico, ou seja, que não tem cura, que acontece por uma desregulação do sistema imunológico - responsável pelas defesas do corpo.

Ela pode afetar a região do íleo, cólon, reto, ânus, estômago e duodeno e normalmente aparece em conjunto com diarreia, febre e até sangramento retal. Uma das suas complicações, além da forte dor abdominal é a obstrução intestinal - normalmente ligada à quando o tratamento não está sendo eficiente.

Outras possíveis causas para a dor no lado esquerdo da barriga na região inferior são:

  • Diverticulite (inflamação na parede interna do intestino)
  • Endometriose
  • Hérnia inguinal
  • Obstrução intestinal
  • Infecção renal ou pedras nos rins
  • Dor associada à ovulação
  • Cistos no ovário
  • Inflamação na vesícula (vesiculite seminal)
  • Colite ulcerativa e outros problemas no cólon
  • Câncer

A dor na parte superior esquerda do abdômen pode indicar:

  • Diverticulite
  • Angina (redução do fluxo sanguíneo para o coração)
  • Empiema (infecção da membrana que envolve os pulmões)
  • Aumento do baço
  • Impactação fecal, ou seja, fezes endurecidas que não podem ser eliminadas
  • Gastrite (inflamação do revestimento do estômago)
  • Infarto
  • Hérnia de hiato (doença em que parte do estômago se projeta para dentro do tórax por uma abertura no diafragma)
  • Infecção renal ou cálculo renal
  • Pancreatite (inflamação do pâncreas)
  • Pneumonia
  • Embolia pulmonar
  • Estenose pilórica (obstrução quase completa da ligação entre o estômago e o intestino)
  • Ruptura do baço

Buscando ajuda médica

É importante buscar ajuda médica com urgência para dor no lado direito da barriga caso ela esteja associada a:

  • Febre
  • Pressão ou dor no peito
  • Trauma, como acidente ou lesão
  • Vômito com sangue ou náusea e/ou vômitos persistentes
  • Sangue nas fezes
  • Dor ao urinar ou micção frequente ou urgente
  • Pele amarelada
  • Inchaço no abdômen
  • Dor tão forte que não é possível ficar parado ou é preciso curvar-se para encontrar algum alívio

Também é preciso marcar uma consulta médica caso a dor abdominal permaneça por alguns dias.

Na consulta médica

Especialistas que podem diagnosticar as causas de dor no lado esquerdo da barriga são:

  • Clínico geral
  • Gastroenterologista

Estar preparado para a consulta pode facilitar o diagnóstico e otimizar o tempo. Dessa forma, você já pode chegar à consulta com algumas informações:

  • Uma lista com todos os sintomas e há quanto tempo eles apareceram
  • Histórico médico, incluindo outras condições que tenha e medicamentos ou suplementos que tome com regularidade

O médico provavelmente fará uma série de perguntas, tais como:

  • Quando os sintomas começaram?
  • Em qual parte do abdômen a dor se encontra?
  • O que parece melhorar os sintomas?
  • O que parece piorar os sintomas?
  • Além da dor na lateral do abdômen, que outros sintomas você está sentindo?
  • Quais medicamentos e suplementos você toma?
  • Você está em tratamento para alguma doença ou condição? Qual?

Diagnóstico de Dor no lado esquerdo da barriga

O diagnóstico da dor no lado esquerdo da barriga dependerá dos demais sintomas que a pessoa está sentindo, do seu histórico clínico - ou seja, outras doenças que tem ou teve - e do resultado dos exames solicitados.

O médico pode requerer exames de sangue, como o hemograma completo, testes de urina e fezes e exames de imagem como raios-x, ultrassom, ressonância magnética e tomografia computadorizada para determinar a origem da dor.

Tratamento de Dor no lado esquerdo da barriga

O tratamento da dor no lado esquerdo da barriga vai depender da causa e gravidade do problema.

Se a causa for uma apendicite, por exemplo, será necessária uma cirurgia para a remoção do órgão. Já no caso de uma diverticulite, o tratamento pode ser através de medicamentos e alterações na dieta ou até uma cirurgia.

No caso da doença de Crohn, o tratamento é feito em etapas, dependendo da intensidade da doença. Normalmente são utilizados medicamentos que visam reprimir o processo inflamatório, a dor e os demais sintomas e depois manter a remissão da doença. Também pode ser indicado um procedimento cirúrgico no caso de obstruções e outras complicações.

Mayo Clinic

WebMD

Ministério da Saúde

*As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo.
*Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos do profissional da saúde.