Dor na relação sexual Icone para edição

A dor na relação sexual pode ter muitas causas, desde fisiológicas até psicológicas. Também chamada de dispareunia, a dor na relação sexual pode acometer o sexo masculino e feminino, sendo mais comum no segundo caso.

A dor pode ocorrer antes, durante ou após o ato sexual. Em alguns casos, a dispareunia não indica qualquer problema de saúde – no entanto, se for persistente e atrapalhar o andamento da relação sexual, é necessário buscar ajuda médica.

A dor na relação sexual pode ocorrer:

  • Antes, durante ou após a relação sexual
  • Na vagina, uretra ou da bexiga
  • Na pelve
  • Apenas com parceiros(as) ou circunstâncias específicas
  • Somente durante a penetração
  • Com o uso de camisinha.

Se você tiver relações sexuais dolorosas, você pode sentir:

  • Que a dor é acentuada em penetração mais profunda
  • Coceira ou sensação de queimação.

Exames

Diversos exames podem ajudar a diagnosticar dor na relação sexual. É comum um exame pélvico em busca de alguns sinais que possam ajudar a encontrar a causa, tais como:

  • Ressecamento genital
  • Inflamação ou infecção
  • Verruga genital
  • Lesões ou úlceras
  • Caroços ou nódulos
  • Endometriose.

Outros testes podem ser necessários, como:

  • Ultrassonografia pélvica
  • Teste de cultura para checar se há infecção por bactéria
  • Exame de urina
  • Teste de alergia
  • Consulta com psicólogo, para verificar se existem causas emocionais.

Clínica Mayo – organização sem fins lucrativos dos Estados Unidos que reúne conteúdos sobre doenças, sintomas, exames médicos, medicamentos, entre outros.

*As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo.
*Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos do profissional da saúde.