Doença pulmonar Icone para edição

O que é Doença pulmonar?

Doença pulmonar é qualquer doença, distúrbio ou condição anômala de saúde que ocorra nos pulmões ou que leve os pulmões a não funcionarem adequadamente.

Tipos

Existem três tipos principais de doença pulmonar:

Esse tipo de doenças afetam os tubos que transportam oxigênio e outros gases para dentro e para fora dos pulmões, por meio do estreitamento ou do bloqueio das vias aéreas. Asma, enfisema e bronquite são alguns exemplos.

Essas doenças afetam a estrutura do tecido pulmonar. A escoriação ou inflamação deste tecido incapacita os pulmões de se expandirem totalmente. Isso faz com que seja difícil para os pulmões absorverem oxigênio e liberarem o dióxido de carbono em seguida. Exemplos: fibrose e sarcoidose pulmonares.

Essas doenças afetam diretamente os vasos sanguíneos dos pulmões. Elas costumam ser causadas por coagulação do sangue, escoriação ou inflamação dos vasos sanguíneos e afetam principalmente a capacidade de os pulmões absorverem oxigênio e liberarem dióxido de carbono. Essas doenças também podem afetar o funcionamento do coração.

Há doenças, no entanto, que são uma combinação desses três tipos.

Conheça algumas das principais doenças pulmonares:

  • Asma
  • Bronquite
  • Bronquiolite
  • Doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC)
  • Enfisema pulmonar
  • Câncer de pulmão
  • Tuberculose
  • Pneumonia
  • Edema pulmonar
  • Doença pulmonar reumatoide
  • Sarcoidose
  • Embolia pulmonar
  • Fibrose pulmonar
  • Bronquiectasia
  • Síndrome Respiratória Aguda Severa (SARS)
  • Gripe e resfriado
  • Broncopneumonia
  • Rinite
  • Abcesso pulmonar
  • Tranqueobronquite
  • Insuficiência respiratória
  • Blastomicose
  • Mesotelioma
  • Beriliose
  • Síndrome de Ondine.

Medicamentos para Doença pulmonar

Os medicamentos mais para o tratamento de algumas doenças pulmonares são:

  • Cloridrato de ambroxol
  • Leucogen
  • Meticorten.

Somente um médico pode dizer qual o medicamento mais indicado para o seu caso, bem como a dosagem correta e a duração do tratamento. Siga sempre à risca as orientações do seu médico e NUNCA se automedique. Não interrompa o uso do medicamento sem consultar um médico antes e, se tomá-lo mais de uma vez ou em quantidades muito maiores do que a prescrita, siga as instruções na bula.

Ministério da Saúde, Sociedade Brasileira de Pneumologia, Hospital Israelita Albert Einstein

*As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo.
*Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos do profissional da saúde.