Comedões Icone para edição

Comedões são anormalidades na queratinização do folículo piloso, que fica obstruído, seja por células, por queratina ou sebo, formando cravos pretos ou brancos no rosto.

Tipos:

Existem dois tipos de comedões:

  • Os comedões fechados ou cravos brancos são acúmulos de células da camada córnea (camada mais superficial da pele), dentro dos poros dos pelos, ou folículos pilosos. São bolinhas milimétricas esbranquiçadas, geralmente na face e no tronco
  • Os comedões abertos ou cravos pretos são acúmulos de células, queratina e sebo dentro de um folículo piloso dilatado. Tem poucos milímetros e são como pontos escuros pela presença de melanina, o pigmento da pele.

Diagnóstico:

O diagnóstico dos comedões é clínico, feito pelo dermatologista, e não há necessidade de fazer exames laboratoriais.

Cuidados

Antes da consulta, a pessoa deve evitar a automedicação e espremer os comedões, pois isso pode deixar manchas e cicatrizes. O dermatologista deve orientar especificamente o melhor tratamento para cada paciente.

Para o tratamento, é muito útil a limpeza de pele, com esteticista experiente, o uso de esfoliantes (sabonetes, cremes, loções), peeling de diamante ou cristal, peelings químicos superficiais, à base de ácido retinoico, ácido glicólico, salicílico e alguns medicamentos de uso local, como ácido retinoico, adapaleno, peróxido de benzoíla, e outros.

Natalia Cymrot, dermatologista e mestre em dermatologia pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (CRM-SP 84.332)

*As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo.
*Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos do profissional da saúde.