Coágulo de sangue Icone para edição

O que é Coágulo de sangue?

Os coágulos de sangue são a forma sólida do sangue. Eles se formam com o endurecimento do sangue e são parte essencial da hemostasia (o cessamento da perda de sangue de um vaso danificado). Durante o processo, chamado de coagulação, a parede do vaso sanguíneo que foi rompido é coberta por um coágulo de fibrina para parar o sangramento e ajudar a reparar o tecido danificado.

A coagulação pode ocorrer em muitas circunstâncias diferentes e as causas costumam variar. Qualquer vaso sanguíneo do corpo que tiver sido rompido ou lesionado leva à formação dos coágulos. Este processo é natural do nosso organismo, de modo que a coagulação ajuda a evitar a perda de sangue. Só que a coagulação também pode desempenhar o papel de vilã. Às vezes, os coágulos não se formam na parede do vaso danificado, mas sim no interior do vaso, podendo causar a obstrução das artérias. Além disso, uma série de condições pode levar ao desenvolvimento de coágulos sanguíneos dentro de vasos sanguíneos de locais críticos, como nos pulmões e no cérebro, por exemplo.

Desordens no processo de coagulação também pode levar a sérios problemas de saúde, como trombose, hemorragias e embolia.

Tipos

O coágulo de sangue que se forma dentro de uma artéria do coração e se fixa por lá é chamado de trombo. Já os coágulos que se soltam e move-se de um lugar do corpo para outro são chamados de êmbolos.

Depois que se soltam e voltam à corrente sanguínea, os êmbolos fluem naturalmente pelo corpo, pelo menos até fixar-se em algum outro lugar. Se não houver nada que interrompa sua viagem pela circulação, o coágulo tende a parar nas partes inferiores do corpo, geralmente nas pernas e nos pés. Não à toa, essas são as partes do corpo em que trombose ocorre com mais facilidade. No entanto, no meio do percurso, o coágulo pode se deparar com outros materiais que bloquearão o fluxo de sangue. Esses materiais podem ser:

  • Placas de gordura
  • Ar
  • Líquido amniótico
  • Pequenos pedaços de tumor
  • Pedaços de artérias ateroscleróticas

Causas

A coagulação sanguínea faz parte do processo natural do corpo de cicatrização. No entanto, às vezes, os coágulos são formados em decorrência de algumas condições de saúde específicas. Veja:

  • Síndrome antifosfolípide
  • Arteriosclerose e aterosclerose
  • Uso de determinados medicamentos, como contraceptivos orais, terapia de reposição hormonal e alguns remédios para o câncer da mama
  • Trombose venosa profunda
  • Fator V de Leiden
  • Histórico familiar de coágulos sanguíneos
  • Arritmia cardíaca
  • Infarto
  • Insuficiência cardíaca
  • Obesidade
  • Doença arterial periférica
  • Policitemia vera
  • Gravidez
  • Sessão prolongada ou repouso
  • Embolia pulmonar
  • Tabagismo
  • Cirurgia

Complicações possíveis

Trombos e êmbolos podem agarrar-se firmemente a um vaso sanguíneo, obstruindo-os parcial ou totalmente. Isso prejudica o fluxo normal de sangue e de oxigênio, podendo causar sérias complicações de saúde, como:

  • Embolia pulmonar, quando um êmbolo fixa-se a uma artéria do pulmão
  • Trombose, que é a obstrução de um ou mais vasos sanguíneos
  • Acidente vascular cerebral (AVC), quando um coágulo de sangue fixa-se a um vaso do cérebro
  • Isquemia, que é a falta de suprimento sanguíneo e oxigênio para um tecido devido à obstrução causada por um coágulo

Se não forem tratadas, essas condições podem colocar a vida do paciente em sério risco.

Ministério da Saúde

Sociedade Americana de Hematologia

Clínica Mayo

*As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo.
*Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos do profissional da saúde.