Blefarospasmo Icone para edição

Blefarospasmo consiste na ocorrência de espasmos nas pálpebras. Espasmos, no geral, são movimentos involuntários dos músculos, e o blefarospasmo pode ocorrer em diferentes níveis.

Sinônimos

Espasmo das pálpebras, tremor ocular.

Sintomas:

Os principais sinais e sintomas de blefarospasmo incluem:

  • Tremores e espasmos incontroláveis, involuntários e repetitivos nas pálpebras (geralmente, na pálpebra superior)
  • Sensibilidade intensa à luz (fotofobia)
  • Visão embaçada.

Uma vez iniciados os espasmos, eles podem continuar indo e vindo por alguns dias. Depois, desaparecem por completo. A maioria das pessoas que apresenta blefarospasmo tem esse tipo de espasmo nas pálpebras apenas ocasionalmente e, também na maior parte das vezes, nem se percebe quando os espasmos cessaram.

Prognóstico:

A grande maioria dos espasmos nas pálpebras passa totalmente sem necessidade de tratamento, mas algumas medidas podem ser tomadas para evitar que os sintomas continuem a causar incômodos. Veja algumas dicas:

  • Durma mais e procure descansar bastante
  • Procure ingerir menos quantidade de cafeína também
  • Faça uso de colírios para lubrificar os olhos e evitar irritação.

Blefarospasmo tem cura?

O prognóstico depende única e exclusivamente das causas e dos fatores de risco que estejam envolvidos na ocorrência dos espasmos nas pálpebras.

No geral, os sintomas passam espontaneamente e sem a ajuda de tratamento.

Prevenção:

Não há formas conhecidas de prevenção de blefarospasmo.

Ministério da Saúde

Sociedade Brasileira de Oftalmologia

*As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo.
*Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos do profissional da saúde.