Atelectasia Icone para edição

Atelectasia é um colapso total ou parcial do pulmão ou do lóbulo pulmonar, que acontece quando os alvéolos (pequenos sacos pulmonares) se esvaziam.

Esta é uma das complicações respiratórias mais comuns após cirurgias. Ela também pode surgir em decorrência a outros problemas na respiração, tais como ], inalação de objetos estranhos, tumores pulmonares, água no pulmão, asma severa e ferimentos no peito.

A quantidade de tecido pulmonar envolvido na atelectasia é variável dependendo de cada causa. Da mesma forma, os sintomas da doença também variam. Atelectasia pode ser grave, uma vez que reduz a quantidade de oxigênio disponível no corpo.

Sintomas:

Os sintomas de atelectasia não são óbvios, mas, caso tenha sintomas, o paciente pode experimentar:

Diagnóstico:

Normalmente os médicos indicam um exame de raio X do tórax do paciente para diagnosticar atelectasia. Em crianças com sintomas de infecções respiratórias, especialmente pneumonia, o exame pode mostrar a presença de um corpo estranho, que é a causa mais comum de atelectasia em crianças.

Para determinar outras causas, o médico pode pedir os seguintes exames:

Tratamento:

O tratamento para atelectasia depende da razão dos sintomas aparecerem. Em pequenas áreas o pulmão pode se curar sem tratamento. Se for ligada a outra situação de saúde, como um tumor, o tratamento pode envolver a remoção ou encolhimento da área afetada com cirurgia, quimioterapia ou radioterapia.

Para pacientes que fizeram ou farão cirurgias nas vias respiratórias, é importante usar técnicas para respirar fundo e ajudar a expandir a área colapsada. Alguns exercícios que os fisioterapeutas respiratórios recomendam são:

Em alguns casos pode ser necessário usar remédios para o tratamento de atelectasia. Entre eles:

Dependendo do caso, o médico pode indicar procedimentos mais invasivos para a remoção das obstruções, que podem ser feitas sugando o muco ou por broncoscopia

Complicações:

Atelectasia pode causar as seguintes complicações:

Atelectasia tem cura?

A expectativa para atelectasia depende de cada caso. Em adultos, a atelectasia normalmente dura pouco tempo, os alvéolos pulmonares que entraram em colapso se encherão de ar novamente e o problema estará resolvido.

Geralmente a atelectasia não demanda cuidados durante toda a vida do paciente. Contudo, se atinge grandes áreas do pulmão – especialmente em bebês, crianças pequenas ou adultos com algum problema respiratório pré-existente – ela pode ser fatal se não tratada rapidamente.

Se a atelectasia persistir, ela pode não deixar que o pulmão limpe o muco de forma eficiente, o que gera infecções, como pneumonia.

Prevenção:

Para diminuir os riscos de atelectasia a pessoa deve:

Manual Merk

Instituto Nacional Americano de Coração, Pulmão e Sangue

Clínica Mayo

*As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo.
*Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos do profissional da saúde.