Anemia perniciosa Icone para edição

A anemia perniciosa, também chamada de anemia de Addison, é uma forma de anemia caracterizada pela redução no número de glóbulos vermelhos no sangue devido à incapacidade de o trato gastrointestinal de absorver adequadamente a vitamina B12.

A anemia perniciosa pertence, portanto, ao amplo grupo das anemias megaloblásticas, que consistem basicamente na deficiência de vitamina B12 no organismo. Somente quando ocorre má absorção desta substância pelo intestino é que a condição recebe o nome de anemia perniciosa.

Sinônimos

Anemia de Addison

Sintomas:

Algumas pessoas com anemia perniciosa não apresentam sintomas. Em outras, os sinais são muito brandos e às vezes podem nem ser notados. No entanto, quando os sinais e sintomas da doença aparecem, devido à ausência de vitamina B12 no organismo, eles podem incluir:

  • Diarreia
  • Constipação
  • Fadiga
  • Perda de apetite
  • Palidez
  • Déficit de atenção e outros problemas de concentração
  • Dificuldade para respirar
  • Língua inchada ou avermelhada
  • Sangramento na gengiva.

Além disso, permanecer por longos períodos de tempo com níveis baixos de vitamina B12 pode causar danos ao sistema nervoso e ao surgimento de outros sinais e sintomas, como:

  • Confusão mental
  • Depressão
  • Perda de equilíbrio
  • Dormência e formigamento nas mãos e nos pés.

Diagnóstico:

O diagnóstico para anemia perniciosa é feito, basicamente, por meio da endoscopia digestiva, procedimento muito usado para investigar problemas no esôfago, estômago e intestinos. Na endoscopia digestiva, alguns tubos flexíveis, chamados de endoscópios, são introduzidos pela cavidade oral (endoscopia digestiva alta) ou anal (colonoscopia).

O teste de Schilling, realizado como um diferencial do diagnóstico da anemia megaloblástica, e um hemograma também são exames muito usados para diagnosticar anemia perniciosa.

Tratamento:

O principal objetivo do tratamento de anemia perniciosa é aumentar os níveis de vitamina B12 no organismo. Para isso, pacientes diagnosticados com a doença devem tomar vacinas com a substância uma vez ao mês. Pessoas com níveis ainda mais baixos da vitamina podem precisar de doses extras.

Além disso, outros pacientes podem precisar tomar suplementos de vitamina B12 por via oral. Algumas pessoas respondem bem somente a essa segunda opção de tratamento, tornando as injeções desnecessárias.

Prognóstico:

Seguir à risca o tratamento e as recomendações médicas é uma prática essencial para se conviver bem com a anemia perniciosa. Além disso, você deve adotar uma dieta balanceada e rica em alimentos que contenham altos níveis de vitamina B12, como carne vermelha e ovos, por exemplo.

Complicações:

Pessoas com anemia perniciosa estão mais propensas a desenvolver problemas no trato gastrointestinal, como pólipos gástricos e, em casos mais graves, o câncer gástrico e outros tipos de tumores na região.

Se a doença não for devidamente tratada ou se ela não for tratada a tempo, pode haver problemas neurológicos graves - às vezes irreversíveis.

Prevenção:

O corpo humano necessita de vitamina B12 para conseguir produzir os glóbulos vermelhos presentes no sangue. Para conseguir as doses diárias necessárias desta vitamina, as pessoas devem alimentar-se com carne vermelha, aves, mariscos, ovos e produtos lácteos. Para vegetarianos, veganos e intolerantes à lactose, existe a possibilidade de se tomar suplementos de vitamina B12 também.

Ministério da Saúde

*As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo.
*Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos do profissional da saúde.